10 de janeiro, de 2022 | 17:00

Unidades de Saúde de Timóteo promovem campanha Janeiro Branco

[imageme77235 ]
A Secretaria de Saúde de Timóteo informa que promoverá durante todo o mês de janeiro um bate-papo sobre a importância dos cuidados com a saúde mental. As conversas ocorrerão nas salas de espera das unidades básicas de saúde, abordando os usuários, respondendo questionamentos e trabalhando o tema de forma leve. Trata-se da Campanha Janeiro Branco que traz o slogan: Cuidar da mente, é cuidar bem da vida!

A campanha tem o objetivo de inspirar as pessoas a pensarem de maneira mais altruísta, seja por meio de ações em sua casa, em sua igreja, em sua empresa, no trânsito ou por incentivo à adoção de políticas públicas para a saúde mental de toda a sociedade.

Entre outras coisas, investir em comportamentos terapêuticos que podem melhorar a saúde mental como autoconhecimento, praticar exercícios físicos, manter vínculos sociais significativos, procurar por apoio terapêutico quando sentir necessidade.

De acordo com a gerente de Atenção Especializada à Saúde, Thamara de Souza Campos Assis, “além da abordagem com os usuários, os trabalhadores da área de saúde necessitam de um olhar especial, um investimento na formação dos nossos funcionários para que se tornem multiplicadores da saúde mental no ambiente de trabalho”, explica Thamara.

Outro objetivo da ação é aproximar o serviço de Saúde Mental do atendimento de Atenção Básica oferecido nos postos de saúde do município. “Vamos iniciar oficinas com temáticas diversas sobre a saúde mental, para que sejam replicadas pelos participantes em seus setores de trabalho”, comenta a gerente.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário