07 de janeiro, de 2022 | 14:43

Prepare-se para concursos com o ciclo de estudos

Leonardo Chucrute * 

Algumas pessoas desistem de estudar para concursos pela falta de tempo causada pela rotina ou até mesmo a vida corrida. Quando falamos de estudar, temos sempre que envolver a disciplina e o planejamento. Quando nosso dia é organizado, rende-se muito mais. O ciclo de estudos é uma estratégia fundamental para se obter bons resultados.

O ciclo de estudos consiste em priorizar as matérias que têm mais peso em um concurso como também priorizar os assuntos que o aluno tem mais dificuldade. Esse método é considerado prático, porque se adapta ao dia da pessoa, independentemente da rotina. Mas antes de montar o ciclo de estudos, é importante que ter em mente que é um ciclo semanal. Ou seja, se em um dia temos só duas horas para nos dedicarmos aos estudos, durante uma semana temos 14 horas para estudar. Outra vantagem desse método é que pode ser alterado a cada semana, por exemplo, mudando a quantidade de horas, as matérias e até mesmo os assuntos das matérias.

Essa flexibilidade dá oportunidade de diversificar o aprendizado. Aconselho a usar o método de estudo mesclado. Dessa forma é possível distribuir melhor o conteúdo do concurso que irá prestar e não tem aquela dor de cabeça, caso esqueça de examinar uma matéria.

Para montar o ciclo de estudos é muito importante que se tenha o edital do concurso que vai concorrer em mãos. Assim, é possível saber qual o peso de cada matéria, se ela cai muito ou não e quantas questões cada uma delas têm. E, se alguma informação não tiver no edital, uma dica é que veja em provas anteriores. Faça um quadro, colocando em primeiro lugar as matérias com maior peso e que se tem mais dificuldade. Depois, coloque as matérias de menor peso e que são as mais fáceis.

Após esse processo, distribua os horários. Por exemplo, caso tenha 14 horas na semana para estudar, e o concurso tem oito matérias, faça a divisão de 14 por 8. Logo, vai ter 1h45 de estudo para cada matéria. Os 15 minutos que sobram podem ser usados em outra matéria e no dia seguinte estuda mais 1h30.

Vale ressaltar que ainda é preciso organizar o ciclo de estudos pensando no peso/relevância de cada matéria. Supondo que os pesos são: matérias A e B, têm peso 3. Matérias C, D e E terão peso 2. Já as matérias F, G e H, peso 1. Assim o total de pesos são 15. Portanto, faça a divisão de 14 horas por 15, que terá o total de 56 minutos para cada peso.

Logo, se a matéria A tem peso 3, o tempo que vai estudá-la vai ser de 3 vezes 56, dando um total de duas horas e 48 minutos. Observe que ultrapassou o limite de tempo que calculamos. Então, deixe os 48 minutos restantes para o dia seguinte. Seguindo essa estratégia, mantendo o foco e se dedicando, você vai conseguir ter um excelente resultado nas provas.
 
* Diretor-geral do Colégio e Curso ZeroHum, professor de matemática, ex-cadete da AFA e autor de livros didáticos.

Obs: Artigos assinados não reproduzem, necessariamente, a opinião do jornal Diário do Aço
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário