04 de janeiro, de 2022 | 19:00

Livros reúnem histórias de vida e poemas musicados de Vaninho Vieira

Músico de mão-cheia e talento raro, filho de multi-instrumentista autodidata e sobrinho de maestro no Vale do Jequitinhonha, pai de músicos jovens no caminho de manter a tradição familiar. A música sempre está na estrada de Vaninho Vieira, apaixonado pelo cancioneiro popular nacional e internacional, cantor de vários e memoráveis shows na região, compositor, arranjador, criador de canções e interpretações singulares e de grande empatia com o público.

Mesmo na dificuldade da pandemia, o artista não deixou de compor, embora, desta feita, reunindo histórias, aprendizados, venturas e desventuras e poemas em dois livros que serão lançados neste próximo sábado (8), a partir das 19h, na Pizzaria do Jaime (no C3, em Ipatinga), com direito a dois shows gratuitos e uma noite de autógrafos duplicados.

Reprodução

Autobiografia

O primeiro livro, “A Vida em Versos e Canções”, seria lançado presencialmente no início do ano passado, mas veio a fase mais aguda da crise da covid. Se os planos foram adiados, o livro criou asas e já começou a circular de mão em mão, na famosa propaganda de boca a boca ou viralizada. A edição reúne histórias contadas por Vaninho sobre acontecimentos que marcaram a sua vida - e a sua música, é claro. Os primeiros acordes no violão, aos 10 anos de idade; a primeira vez que subiu num palco, aos 15 anos, acompanhando profissionalmente uma banda de baile; as participações em festivais; a carreira de composições autorais e discos; os shows de sucesso no Vale do Aço, em Belo Horizonte e em vários lugares, nas praças, nos teatros e nos bares da vida.

A obra tem prefácio do poeta e compositor Murilo Antunes, um dos integrantes originais do Clube de Esquina de Milton Nascimento e Cia. O cantor, compositor e escritor Paulinho Pedra Azul faz a abertura especial do livro, que traz, também, depoimentos de artistas e músicos que se tornaram amigos e parceiros de Vaninho, como Maurício Tizumba, Celso Adolfo, Arlindo Maciel e Aggeu Marques.

Reprodução

Poesias

O segundo lançamento da noite é “Um Olhar Profundo - Poemas musicados de Vaninho Vieira”, trazendo textos que logo acabaram cifrados em vozes e instrumentos. O autor revela que desde menino sempre leu autores brasileiros, como João Guimarães Rosa, Carlos Drumond de Andrade, Jorge Amado e outros, e assim passou a gostar de escrever poesias que, na medida em que a música ia tomando conta da vida, passaram a ser musicadas e inseridas em seu repertório próprio. Mais uma vez, o amigo e parceiro Paulinho Paulo Azul assina a abertura e apresentação do livro.

Show gratuitos

Para coroar a noite de autógrafos especial, a programação inclui dois shows. A partir das 19h, o cantor e compositor Lima Júnior, também do Vale do Jequitinhonha, apresenta canções próprias, regionais e em parcerias com Paulinho Pedra Azul, Saulo Laranjeira e outros artistas.

Na sequência, Vaninho pega o violão e reúne três filhos e talentosos músicos Marcelinho Ícaro Vieira (baixo), Marlon Vieira (bateria) e Marcus Dilermando (percussão). No repertório, composições conhecidas e populares para deixar o público bem à vontade para ler, curtir e ouvir coisa boa. Os livros serão vendidos a R$ 25 cada, durante a noite de autógrafos. Mais informações com Vaninho: (31) 98775-3309; reservas de mesas com Allende: (31) 98726-3774.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário