05 de dezembro, de 2021 | 11:00

Professor completa 45 anos de trabalho na escola Polivalente em Coronel Fabriciano

Silvia Miranda
''Não tenho a intenção de parar de dar aula'' diz Antônio Augusto''Não tenho a intenção de parar de dar aula'' diz Antônio Augusto
(Silvia Miranda - Repórter do Diário do Aço)
Hoje não é Dia do Professor, mas vamos falar de um servidor público que há 45 anos leciona em uma mesma escola. Antônio Augusto Abreu, conhecido como professor Antônio Augusto, se mudou para Coronel Fabriciano no início da década de 70 e em outubro de 1976 passou a ensinar ciências, para turmas do ensino fundamental da escola Polivalente, onde permanece até os dias atuais.

Natural do município de Miraí, na Zona da Mata mineira, Antônio Augusto, estudou no famoso Colégio Coluni, da Universidade Federal de Viçosa. E foi onde deu os primeiros passos para o magistério, atuando como regente de turma. O professor conta que, a educação rígida e disciplinada dos pais, muito contribuiu para se tornar um profissional dedicado. E de regente de turma, foram surgindo alguns convites para substituições temporárias de professores títulares, ainda na cidade de Viçosa.

A morte dos pais, trouxe Antônio Augusto para Coronel Fabriciano, onde veio estudar na antiga Universidade do Trabalho (UT), hoje Centro Universitário Católica do Leste de Minas Gerais (Unileste). E quando se mudou, veio a oportunidade de lecionar a disciplina de ciências na escola polivalente, onde começou em 4 de outubro de 1976. “Não tenho a intenção de parar de dar aula, sou apaixonado pela educação. Eu não quero dinheiro, eu quero é prazer, pois o dinheiro geralmente nos corrompe”, diz orgulhoso.

A vaidade e o cuidado com a saúde, segundo ele é um dos segredos para a disposição e entusiasmo para o trabalho, aos 71 anos de idade. Mas ele deixa um conselho para quem quer seguir na carreira de educador. “É preciso respeito e conteúdo, os alunos também precisam de respeito para reconhecerem a importância do professor. E conteúdo de qualidade é essencial pra as aulas, ter zelo com o trabalho”, destaca.

Antônio Augusto também trabalhou no Colégio João Calvino, na antiga Puc e também na Escola Estadual Rotildino Avelino. Porém foi no Polivalente em que permanece por mais tempo. Em todos esses anos, lecionou para até três gerações de várias famílias, e muitos alunos que se tornaram grandes profissionais. O jeito bem humorado, e as brincadeiras críticas em sala de aula, é uma de suas marcas. Antônio Augusto foi também diretor do Polivalente por três vezes.

O educador chegou a dar 42 aulas por semana. E em todos os anos de trabalho relata o carinho e reconhecimento recebido pelos alunos. Com espírito jovem e entusiasta, o educador relembra as muitas mensagens e relatos de agradecimento, recebidos pelos estudantes durante todos esses anos.

Inspiração

Silvia Miranda
Inspiração para ex-aluna que também se tornou professora e diretora da escolaInspiração para ex-aluna que também se tornou professora e diretora da escola
A diretora da escola, Vanerssa Carla Ventura, foi aluna do professor Antônio Augusto na década de 90. E depois de formada foi funcionária da escola, quando Antônio Augusto foi diretor, sendo responsável pela parte contábil da instituição. O convívio com o professor foi importante na sua inspiração, para futuramente se tornar professora na mesma disciplina de ciências. “Ele sempre me ajudava, dava apoio e conselho nos estudos. E quando me candidatei para diretora de escola, eu fui até ele pedir licença e ele me deu total apoio, mesmo também concorrendo ao cargo”, relembra. Vanerssa destaca a grande experiência do professor, onde sempre busca levar para as aulas conceitos práticos das matérias.

A escola

A Escola Estadual Padre José Maria de Man, no bairro Santo Elói, em Coronel Fabriciano é tradicionalmente chamada de Polivalente e foi instalada nos anos de 1970, assim como várias outras pelo Brasil, numa proposta de um novo modelo de ensino, no governo da ditadura. Atualmente funciona do quinto ao nono ano, do ensino fundamental II.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Roberto

13 de dezembro, 2021 | 10:24

“Parabéns, mestre Antônio Augusto. Ele foi meu professor. Hoje tenho 39 anos. Foi um excelente professor e só tenho a agradecer por ter a oportunidade de tê-lo como professor. Grande profissional É um grande se humano. Parabéns pela dedicação de anos na arte de ensinar.”

Ex Aluno Polivalente

06 de dezembro, 2021 | 15:38

“Já fui aluno do professor Antônio Augusto explicava muito bem suas matérias e sempre que alguém atrapalhava sua aula ele falava sério pra fora da minha sala kkk e continua a aula bons tempos.”

Tião Aranha

06 de dezembro, 2021 | 15:08

“Lecionei lá Química quando tinha o curso de contabilidade. O professor vai ser tombado pro patrimônio histórico da humanidade, digo, do Polivalente. Risos.”

Kátia Silva

06 de dezembro, 2021 | 08:45

“Ao professor Antônio Augusto meus parabéns! Tive o prazer de ser sua aluna no João Calvino e sua colega de trabalho. Admiro seu equilíbrio e sua inteligência, continue assim. Sucesso!”

Ana Frade

06 de dezembro, 2021 | 01:17

“Parabéns ao professor , homenagem merecida . Não tive o prazer de ser aluna . Mas o conheci um pouco como pessoa , gente finíssima . Tinha uma casa no sp1 em frente a minha ,sempre dava revistas " veja "pro meu falecido pai ( Ciro ) não tínhamos acesso as essas coisas , por isso ajudava bastante .”

Richelly Hudson Martins

05 de dezembro, 2021 | 19:48

“UM DOS MELHORES PROFESSORES QUE EU JA TIVE. MUITO INTELIGENTE. MUITO RIGIDO MAS TAMBEM MUUTO BRINCALHAO. OTIMO PROFESSOR. PARABENS PELA HOMENAGEM. MERECE MUITO.”

Afonso Assis

05 de dezembro, 2021 | 12:59

“Parabéns professor. Saúde e sucesso sempre.”

José Cordeiro Neves

05 de dezembro, 2021 | 11:44

“Meus cumprimentos e respeito ao digníssimo professor.”

Gildázio Garcia Vitor

05 de dezembro, 2021 | 08:53

“Entre o final da década de 1980 e inicio da de 1990, tive a felicidade e a honra de trabalhar no Polivalente com o Professor Antônio Augusto e outros grandes Mestres: Alfim, Batista, Beth Olívia, Conceição Monteiro, Dilson, Isaura Cabacinha, Rosalva e vários outros, os quais foram e são muito importantes para minha formação profissional. Obrigado por todas as lições! Parabéns Professor Antônio Augusto por tudo que tem realizado em prol da Educação Pública de MG. Parabéns à repórter Sílvia Miranda e ao Portal Diário do Aço por esta linda homenagem, e não se esqueçam, todos os dias, são Dia do Professor. Obrigado!”

Envie seu Comentário