26 de novembro, de 2021 | 17:36

Orquestra Mineira de Rock lança novo show ''Beatles'' em Ipatinga

Vitor Maciel/Divulgação
No palco, os 13 artistas apresentam novas roupagens e arranjos especiais para clássicos dos BeatlesNo palco, os 13 artistas apresentam novas roupagens e arranjos especiais para clássicos dos Beatles

Os beatlemaníacos têm um motivo especial para ir ao Teatro do Centro Cultural Usiminas, neste fim de semana: o show “Beatles”, da Orquestra Mineira de Rock (OMR). Pela segunda vez em Ipatinga, a OMR se apresenta neste sábado (27), às 20h, trazendo o mais novo show da companhia com repertório inteiramente dedicado aos Beatles. A apresentação tem o patrocínio da Sada e realização do Instituto Usiminas, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais.

No palco do Teatro do Centro Cultural Usiminas, os 13 artistas vão apresentar novas roupagens e arranjos especiais para a obra dos Beatles, uma homenagem à maior banda de rock de todos os tempos. A formação da Orquestra Mineira de Rock conta com quatro guitarras, três baixos, dois teclados, duas baterias, sopro, bandolim, violões, percussão e um coro com dez vozes. Os músicos, “assumidamente beatlemaníacos”, são Renato Savassi, Sânzio Brandão, Marcelo Cioglia, Rufino Silvério, André Godoy, Khadhu Capanema, Rodrigo Garcia, Raphael Rocha, Bhydhu Capanema, Avelar Jr, Leo Dias, Guilherme Castro e André Mola.

Vitor Maciel/Divulgação
Os integrantes da OMR são ''beatlemaníacos'' assumidos: show de ousadiaOs integrantes da OMR são ''beatlemaníacos'' assumidos: show de ousadia


“Vai ser um show bastante forte, inusitado, ousado e original”, adianta Khadhu Capanema. A ideia do grupo é oferecer uma experiência diferente do público com a música, o rock dos Beatles. “Tentamos equilibrar um repertório que achamos imprescindível, que provoque comoção e que gostaríamos de tocar e mostrar ao público. Acabou ficando algo equilibrado, costurado com a nossa assinatura”, diz. 

Uma das releituras feitas pela OMR é a música “Come Together”, que tem uma interpretação com elementos tribais e é um dos pontos altos do show. “Será uma apresentação diferente do cover tradicional que a gente vê por aí. Teremos algumas interpretações fiéis, que exigem uma instrumentação maior, mas também versões com intervenções para que o repertório dos Beatles, que é tão perfeito, soasse um pouco como a nossa cara. O público pode esperar muitas surpresas nos arranjos, na nossa forma de interpretar”, explica Gustavo Castro.

Os ingressos do show da Orquestra Mineira de Rock estão à venda na bilheteria do Centro Cultural Usiminas e no site Eventim. Ingressos: Plateia R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia) | Balcão R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário