25 de novembro, de 2021 | 11:20

Justiça de BH pede a prisão de jovens de Timóteo que abandonaram malas com maconha

Arquivo/Diário do Aço
As barras de maconha encontradas em três malas das duas jovens acusadas de tráfico de drogasAs barras de maconha encontradas em três malas das duas jovens acusadas de tráfico de drogas

Duas jovens de Timóteo foram presas pela Polícia Militar em cumprimento aos mandados de prisão expedidos pela Justiça da Comarca de Belo Horizonte. As duas são investigadas por deixarem três malas com 70 quilos de maconha dentro de um ônibus, fato registrado em 25 de novembro do ano passado e descoberto em uma parada da empresa.

A primeira ter a prisão cumprida foi L.S.F., de 22, na praça 1º de Maio, no Centro-Norte de Timóteo, na noite de terça-feira (23). Houve uma denúncia que em uma determinada residência estaria uma pessoa envolvida em uma briga no distrito de Cachoeira do Vale. Essa situação não foi confirmada, mas os policiais acabaram descobrindo L.S. estava com ordem de prisão expedida pela Justiça de Belo Horizonte.

Já, T.T.G.F., de 22 anos, foi presa na tarde de quarta-feira (24) na avenida Acesita, no bairro Primavera. Os policiais militares da equipe do sargento Evandro faziam uma operação, quando foram informados sobre o mandado de prisão preventiva expedido contra a jovem acusada de tráfico de drogas.

Ela foi localizada em casa, onde os PMs deram voz de prisão cumprindo a ordem do juiz de Direito Rodrigo Heleno Chaves, titular da 4ª Vara de Tóxicos da Comarca de Belo Horizonte. Os policiais conduziram T.T. para o plantão 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil e ela está à disposição da Justiça.

Droga teria sido pega em Ribeirão Preto

L.S. e T.T. viajaram de Ribeirão Preto, no interior do estado de São Paulo, para Belo Horizonte em um ônibus da empresa Pássaro Verde. Ao desembarcarem na rodoviária, em 25 de novembro de 2020, elas não puderam pegar a bagagem por terem perdido os comprovantes de três das quatro malas.

Os objetos foram retidos e encaminhados para a garagem da empresa no bairro Canadá, na região nordeste da capital mineira. Os funcionários desconfiaram e acionaram a PM. Ao abrirem as malas, eles encontraram dezenas de barras de maconha pensando cerca de 70 quilos.

No mesmo dia foi presa L.S. no distrito de Cachoeira do Vale, porém foi solta durante as investigações até que a Justiça pediu a prisão preventiva dela e da amiga. Naquela época, T.T. só foi identificada. A jovem presa alegou naquela ocasião, desconhecer que as malas estariam com maconha.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário