23 de novembro, de 2021 | 16:15

Inquérito indicia dez envolvidos em morte de dois adolescentes assaltantes

Crime foi praticado durante um luau em que os dois menores de idade, armados, renderam um grupo de pessoas, que reagiu, desarmou os assaltante e os matou

Divulgação PCMG
A equipe da Delegacia da PCMG em Santana do Paraíso concluiu a investigação do crime praticado em 2016A equipe da Delegacia da PCMG em Santana do Paraíso concluiu a investigação do crime praticado em 2016

A Delegacia de Polícia Civil de Santana do Paraíso, concluiu, com o indiciamento de dez pessoas, o inquérito policial que investigava crime de duplo homicídio, ocorrido no ano de 2016 em uma área rural nas proximidades do bairro Parque Caravelas, no município de Santana do Paraíso, em que foram vítimas dois adolescentes, Daniel Pereira Cardoso, de 17 anos e Higor Evangelista de Souza, de 15.

O crime chocou a cidade, pois, no dia 2 de outubro de 2016, um domingo, os dois menores foram encontrados mortos, em um local ermo, com múltiplas agressões, de forma violenta e com sinais de queimaduras e tortura.

Com o início das investigações, os policiais civis apuraram que, no local dos fatos, pelo menos 16 pessoas, todas maiores de idade, faziam um “luau” marcado por meio das mídias sociais, com música, bebida, drogas e uma fogueira, quando os dois adolescentes chegaram armados, renderam todos, subtraíram os pertencentes, agrediram pessoas, proferiram várias ameaças e assediaram as mulheres que estavam presentes.

Diante dessa situação, três homens conseguiram desarmar e imobilizar os adolescentes, que foram agredidos com socos, chutes, pedaços de pau, torturados e queimados.

Daniel e Higor imploraram para que as agressões cessassem, mas parte do grupo resolveu fazer justiça com as próprias mãos e executar os dois que estavam caídos ao solo. Os corpos foram encontrados e identificados somente no dia seguinte, conforme noticiado à época pelo Diário do Aço.
Arquivo DA
Daniel Pereira (e) e Higor Evangelista foram desarmados por vítimas de assalto e mortos no meio do mato, no bairro Parque Caravelas Daniel Pereira (e) e Higor Evangelista foram desarmados por vítimas de assalto e mortos no meio do mato, no bairro Parque Caravelas

Ao fim da investigação foram indiciados por homicídio: JCFPF, de 24 anos de idade na data dos fatos; FFM, com 22 anos de idade na data dos fatos; IVG com 21 anos de idade na data dos fatos; MMG, com 18 anos de idade na data dos fatos; JGSRCA, com 23 anos de idade na data dos fatos; RCA, com 24 anos de idade na data dos fatos.

Ainda, foram indiciados por lesão: KSR com 23 anos de idade na data dos fatos; ALS com 21 anos de idade na data dos fatos; FHGD com 20 anos de idade na data dos fatos; PHSS, com 21 anos de idade na data dos fatos.

Publicado à época:
Duplo homicídio começa ser esclarecido pela polícia

Equipe de investigação

Participaram das investigações: a Delegada Talita Martins Soares e os policiais Wilson Nélio de Almeida, Michelle Penha de Moraes, Elias Rodrigues da Silva, Eric Ferreira, Phillippe Vargas Almeida, Marco Antônio D’Avila Bittencourt, Kleber Nepomuceno e Geisimar Bartels.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Ferreira

24 de novembro, 2021 | 12:17

“Eu queria saber o que aconteceria se essas "vitimas" tivessem roubado, agredido as pessoas, estuprado as mulheres o que ia acontecer com eles: nada. Essa justiça do Brasil é uma piada, isso aí não foi homicídio, foi justiça, o povo já ta cansado de ficar à mercê de marginal, foi muito bem feito, tiveram o que mereceram esses anjos!”

Observador

24 de novembro, 2021 | 07:44

“Se um ladrão for achado arrombando uma casa e, sendo ferido, morrer, quem o feriu não será culpado do sangue.

Êxodo 22:2”

Marta Assis

23 de novembro, 2021 | 20:39

“As famílias dos menores, devem comparecer na frente do fórum, gritando e exigindo "Justiça"! rs”

Antônio M.

23 de novembro, 2021 | 20:29

“E como seria se fosse ao contrario? Se os Assaltantes "adolescentes", tivessem matado o grupo de pessoas, que queriam apenas se divertir. Lembrando que eles chegaram armados, agrediram, assediaram e molestaram as mulheres presentes no luau. Ou seja: Botaram o terror. Não daria em nada né? Assaltantes e assassinos menores não podem ser punidos pela lei. Esse país é uma piada! rs”

Tião Aranha

23 de novembro, 2021 | 17:50

“Mais um imbróglio pra Justiça desvendar. Mas a Justiça é pra isso mesmo. Violência gera violência: só o amor constrói. Detesto comentar crime de homicídio.”

Envie seu Comentário