23 de novembro, de 2021 | 11:25

Cerca de quatro quilos de maconha são apreendidos no bairro Jardim Panorama

Divulgação Polícia Militar
As barras e porções menores apreendidas pela PM durante o cerco policialAs barras e porções menores apreendidas pela PM durante o cerco policial

Um cabeleireiro é procurado, desde a manhã desta terça-feira (23) em Ipatinga, depois de fugir deixando para trás cerca de quatro quilos de maconha. A droga foi apreendida por policiais militares que foram verificar uma denúncia anônima sobre um ponto de tráfico de drogas na rua Serra do Miradouro, no bairro Jardim Panorama. A companheira do suspeito, uma jovem de 22 anos, foi conduzida para a delegacia.

A informação, repassada à Central de Operações da Polícia Militar (Copom) via 190, dava conta de uma droga deixada em um salão de beleza no Jardim Panorama. A entrega foi feita por um indivíduo que estava acompanhado de outra pessoa em uma Land Rover. Ele teria entregado duas bolsas ao cabeleireiro.

A denúncia indicou ainda que o salão seria frequentado por usuários de entorpecentes que adquirem o produto ilícito no local. O cabeleireiro também utilizaria um terreno com entulhos, em frente à sua residência, para esconder a droga.

O subtenente Alexandre, Coordenador de Policiamento da Unidade (CPU) desencadeou uma operação na área denunciada. O suspeito G.N.N., de 25 anos, foi visto fugindo pelos fundos da residência ao notar a chegada dos policiais militares durante o cerco.

Na casa dele, os PMs depararam com um buraco na parede por onde G.N. passou em fuga. Os policiais encontraram um par de chinelos deixado para trás pelo cabeleireiro. A companheira do suspeito, L.S.S., de 22 anos, teria ainda tentou esconder algo em outro local, mas sem sucesso.

Os policiais encontraram duas balanças eletrônicas no quarto do casal. A jovem se empenhou na tentativa de tentar desviar os PMs da área onde estava o entulho, onde foram apreendidas quatro barras de maconha e 12 tabletes da mesma droga.

A jovem alegou ter uma união estável com o cabeleireiro há dois anos e que o casal mora na residência da mãe dele. O suspeito não foi localizado, mesmo com o cerco da área. A jovem, entretanto, recebeu voz de prisão por envolvimento com o tráfico e foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil. Um inquérito irá apurar o envolvimento do casal com o tráfico.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário