18 de novembro, de 2021 | 15:10

Timóteo adota medidas para redução da defasagem escolar

Divulgação
Projetos Tempo Integral e Sala de Recursos atendem mais de 400 alunos Projetos Tempo Integral e Sala de Recursos atendem mais de 400 alunos

Com objetivo de minimizar os impactos da pandemia na área educacional, a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Timóteo informa que reiniciou os projetos Tempo Integral e Sala de Recursos, que visam contribuir para melhorar a aprendizagem dos alunos que apresentem baixo desempenho e o público da Educação Especial.

“Estes projetos têm um reflexo muito positivo no desenvolvimento das habilidades e competências dos alunos que tenham alguma dificuldade. A implantação demonstra o compromisso da nossa gestão com a qualidade de ensino e o atendimento às demandas específicas de cada aluno”, afirma o vice-prefeito e secretário de Educação, professor José Vespasiano Cassemiro.

Sala de Recursos

Iniciado em agosto de 2021, o Projeto Sala de Recursos é um projeto de intervenção pedagógica, destinado aos alunos de baixo desempenho ou público da Educação Especial, com atendimentos de, no mínimo, duas vezes na semana. Os professores do projeto ministram os conteúdos em defasagem, apresentados por esses alunos, com aulas de caráter lúdico, materiais concretos, jogos e de acordo com as habilidades do Currículo Referência de Minas Gerais. São atendimentos individualizados ou em grupos de até três alunos, com níveis próximos de aprendizado, detalha a Secretaria.

As escolas atendidas pelo projeto são: Angelina Alves de Carvalho, José Moreira Bowen, Joaquim Ferreira de Souza, Maria Aparecida Martins Prado, Clarindo Carlos Miranda, Escola Limoeiro, Virgínia de Souza Reis, Escola Ana Moura, Escola Novo Tempo, Escola Municipal Alvorada e Instituto Municipal de Educação de Técnica de Timóteo (IMETT), atendendo o total de 330 alunos, de 2º ao 6º ano de escolaridade.

Tempo Integral

Iniciado em setembro deste ano, o Projeto Tempo Integral foi implantado em quatro escolas municipais, priorizando uma escola em cada regional e uma escola de Anos Finais, tendo como critério de inscrição a vulnerabilidade social e o baixo desempenho escolar.

As escolas Municipal Limoeiro, Municipal de Timóteo e Municipal Novo Tempo têm extensão de carga horária de 9h as 13h e a escola Municipal Angelina Alves Carvalho, de 11h25 as 16h. Todas atendem, aproximadamente, 25 alunos, totalizando 100 crianças de 1º ao 7° ano de escolaridade.

Os alunos recebem lanche, almoço e desenvolvem oficinas de aprofundamento pedagógico (Língua Portuguesa e Matemática), Temas Sociais Contemporâneos, Cultura e Educação Patrimonial e Comunicação e uso de Mídias. “São dois projetos importantíssimos na formação humana e de conhecimento. Mais do que um benefício para nossas crianças, representam um direito à educação de qualidade”, finaliza o professor Vespa.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário