17 de novembro, de 2021 | 09:50

PC faz operação de combate aos crimes contra o patrimônio no Vale do Aço

Divulgação Polícia Civil
Em Coronel Fabriciano, os policiais apreenderam estes objetos na casa de um suspeitoEm Coronel Fabriciano, os policiais apreenderam estes objetos na casa de um suspeito

A 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) de Ipatinga realizou nesta quarta-feira (17) uma operação policial com objetivo de enfrentamento aos crimes contra o patrimônio. A operação “Voleur” (ladrão, em francês) mobilizou equipes das Delegacias de Crimes contra o Patrimônio de Ipatinga, de Belo Oriente, de Santana do Paraíso e de Coronel Fabriciano, num total de 28 policiais civis em sete viaturas.

Os policiais civis cumpriram nove mandados de busca e apreensão nas residências de pessoas investigadas por crimes de furto, roubo e estelionato. Os alvos foram nas cidades de Ipatinga, Belo Oriente e Coronel Fabriciano.

Em Belo Oriente, onde foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, as equipes de policiais civis, coordenadas pelo delegado João Luiz Martins Barbosa, localizaram 28 porções de maconha na casa de um jovem de 22 anos e de um adolescente de 17 anos de idade. Eles receberam voz de prisão e apreensão em flagrante e foram conduzidos até a Delegacia de Polícia Civil para formalização do flagrante.

Na cidade de Coronel Fabriciano foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão pelas equipes policiais coordenadas pelo delegado Washington Alves Moreira Izaías. Eles prenderam em flagrante uma pessoa de 41 anos de idade. Os policiais recuperaram em sua casa 11 aparelhos celulares e um notebook e o próprio investigado ter confessado se tratarem de alguns objetos oriundos de furtos.

Ipatinga e Santana do Paraíso
Nas cidades de Ipatinga e Santana do Paraíso, as equipes de policiais civis, coordenadas respectivamente pelos delegados Marcelo Castro de Souza e Talita Martins Soares, cumpriram dois mandados de busca e apreensão e apreenderam objetos de interesse para as investigações, como aparelhos celulares.

Os investigados maiores de idade que foram presos em flagrante serão encaminhados aos presídios locais, onde ficarão à disposição da Justiça Criminal e das autoridades policiais para demais providências, como informou a 1ª DRPC ao Diário do Aço na manhã desta quarta-feira.







Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário