16 de novembro, de 2021 | 19:15

Ipatinga flexibiliza uso de máscara em local aberto

Divulgação
Com o avanço da imunização contra a covid-19 e o declínio constante e consistente dos casos de contaminação e óbitos, regras de prevenção e proteção sanitárias começam a ser abrandadas no município Com o avanço da imunização contra a covid-19 e o declínio constante e consistente dos casos de contaminação e óbitos, regras de prevenção e proteção sanitárias começam a ser abrandadas no município

Ao atingir a marca de mais de 70% dos moradores e trabalhadores locais alcançados com duas doses ou doses únicas de vacinas, a administração municipal de Ipatinga publicou nesta terça-feira (16) o decreto 9.862, que revoga os decretos anteriores e passa a flexibilizar o uso de máscara em locais abertos. O acessório continua a ser obrigatório no transporte público coletivo, transporte individual de passageiros por aplicativo ou por meio de táxi, além de estabelecimentos comerciais, indústrias e áreas comuns de condomínios.

O titular da Secretaria de Saúde, Cléber de Faria, informo por meio de nota divulgada na noite desta terça-feira, que atualmente o município se encontra em um cenário de baixo risco de contaminação de covid-19, graças à agilidade na aplicação das vacinas e às medidas assertivas adotadas pela administração no enfrentamento da pandemia.

“A flexibilização do uso de máscaras em espaços abertos é motivo de comemoração. Mais de um ano e meio após o decreto de calamidade pública no Brasil em razão da pandemia, esta medida representa um importante salto para vencermos o vírus e voltarmos à normalidade o mais rápido possível”, comentou o secretário.

Para definir as medidas de flexibilização, a Secretaria de Saúde realizou um estudo aprofundado em relação à queda do número de casos de contaminação. Porém, especialistas da área advertem que ainda é preciso tomar certos cuidados, já que o vírus continua circulando em diversos ambientes. A situação é de relativa estabilidade, diante do avanço da vacinação e com o reforço da terceira dose para públicos determinados.

Vacinômetro

O balanço da tarde de terça-feira (16) apontou que 348.622 doses de vacinas aplicadas no município, das quais, 186.980 da primeira dose e outras 146.649 da segunda dose ou dose única. Há, ainda, mais 14.992 doses de reforço aplicadas.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Joanas

17 de novembro, 2021 | 13:16

“Nao se iluda a doenca esta no meio de nos .muito cuidado ao sair de casa sem mascara.varios paises que fizeram isso deram com os burros nagua.esta precisando de voltar atras.decreto de prefeitura nao Salva a sua vida.”

Joao Batista Trevenzoli

17 de novembro, 2021 | 11:04

“Essa pressa, nada justificável, no momento que persistem cepas circulando, de eliminar o uso de máscaras em locais abertos, assusta.”

Envie seu Comentário