12 de outubro, de 2021 | 09:00

Aberta consulta eletrônica sobre o tema, lema e inspiração bíblica para as Campanhas da Fraternidade 2023 e 2024

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) mantém aberta, até o dia 30 de outubro deste ano, um processo de consulta eletrônica pública sobre o tema e o lema das Campanhas da Fraternidade (CF) 2023 e 2024, quando a campanha completará aniversário de 60 anos de existência.

O secretário-executivo de Campanhas da CNBB, padre Patriky Samuel Batista faz um alerta para que as sugestões estejam em sintonia com o objetivo geral da CF: “Despertar a solidariedade nos fiéis e na sociedade em relação a um problema concreto que envolve a sociedade brasileira, buscando caminhos de solução à luz do Evangelho. Celebrada no período quaresmal a CF nos convida a imitar a misericórdia do Pai repartindo o pão com os necessitados, fortificando nosso espírito fraterno”.

De acordo com o padre Patriky, esse processo quer contribuir para que os cristãos católicos brasileiros redescubram o valor e a importância da Campanha da Fraternidade. “A participação de todo mundo é muito importante e agora oferecemos uma oportunidade a mais, além dos concursos do hino e cartaz, de fazer parte da CF”, disse.

Como participar?

Os interessados em participar poderão sugerir, por meio da plataforma eletrônica Microsoft Forms, o tema e lema para a CF 2023 e 2024, bem como um Texto Bíblico relacionado ao tema indicado. No formulário é possível apresentar outras sugestões para aprimorar a campanha. Os temas sugeridos serão analisados pelos bispos que integram o Conselho Pastoral Episcopal da CNBB em sua próxima reunião marcada para o dia 10 de novembro. Nesta data, será escolhido o tema da CF 2023. Quem quiser participar deve acessar formulário, que está disponível na página da CNBB na internet ou na página da dioceseitabira.org.br.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário