09 de outubro, de 2021 | 20:08

Motorista fica ferido em colisão com ambulância do SAMU em Timóteo

Wallace Miranda
Motorista do Fiat Uno não percebeu aproximação da ambulância, em missão de socorro a um paciente e acabou atingido pelo carro oficial Motorista do Fiat Uno não percebeu aproximação da ambulância, em missão de socorro a um paciente e acabou atingido pelo carro oficial

Um homem saiu com ferimentos variados e precisou ser atendido pelo SAMU, em um acidente que envolveu o carro que a vítima conduzia, um Fiat Uno e uma ambulância do SAMU.

O acidente aconteceu por volta das 19h30 no cruzamento da rua Maria Rodrigues de Carvalho com a avenida Acesita, no bairro Olaria, em Timóteo. Uma testemunha informou ao Diário do Aço, que a ambulância vinha do bairro Primavera com os sinais de alerta ligados.

Motorista do Fiat Uno trafegava pelo bairro Olaria, foi passar no sinal verde e, certamente, não percebeu o carro da emergência que se aproximava com a sirene aberta. A equipe do SAMU estava a caminho do atendimento de uma ocorrência de vítima de tentativa de autoextermínio.

Com a força do impacto da ambulância no Uno, modelo antigo, houve danos generalizados, tanto na ambulância quanto no Fiat. Veja o vídeo abaixo com imagens de câmeras de segurança, no momento do acidente:



Ferimentos leves em duas vítimas



O condutor da ambulância, de 26 anos, informou que a equipe tinha sido empenhada para atendimento de uma ocorrência no bairro Frederico Ozanam, em Coronel Fabriciano e que, com as luzes intermitentes e sirene ligadas, ao avançar o sinal do cruzamento, o Fiat Uno atravessou a via e não foi possível evitar a colisão.

Já o condutor do Uno, de 31 anos, informou que estava parado no sinal vermelho da avenida Judite Maria do Carmo e que, quando o sinal abriu, foi acessar a avenida Acesita, sem perceber a aproximação do carro do SAMU.

O motorista teve ferimentos leves e está fora de perigo. Já, a passageira da ambulância apresentava dores em uma das pernas.

A ambulância foi removida pelo guincho da seguradora e o Fiat Uno por seu proprietário, que esteve no local do acidente.

Wallace Miranda
Fiat Uno era ocupado por um homem, que precisou de atendimento médico Fiat Uno era ocupado por um homem, que precisou de atendimento médico




Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Gefbeck

12 de outubro, 2021 | 13:41

“Tem que ser preso e a carteira cassada,,,”

Edson Pessôa

11 de outubro, 2021 | 16:03

“Caro Marcelo Coimbra, no art.29 parágrafo VII diz que: Os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação de transito e as ambulâncias, além de prioridade de trânsito, gozam de livre circulação, estacionamento e parada.
O termo PREFERÊNCIA é usado sempre que se está na iminência de colisão entre dois veículos ou mais, em que a sinalização de trânsito por si só, não é suficiente para determinar aquele que deve seguir ou avançar.
Já o termo PRIORIDADE é aplicado àquelas circunstâncias em que veículos em efetiva prestação de serviço de urgência necessitam de prerrogativas que, por motivo de força maior, lhes GARANTAM a passagem PRIORITÁRIA sobre outros veículos, independentemente das regras de preferência.”

Here Ls Me

11 de outubro, 2021 | 13:05

“Missed Theo defensive driving class”

Marcelo Coimbra

10 de outubro, 2021 | 11:01

“Sirene e sinais luminosos ligados não concedem ao condutor ( PM, PC, Samu, BM e etc) prioridade sob a via de trânsito. E sim preferências. Não entendo muito de Primeiros Socorros. Mas, pelo cursos que já fiz na usina. Tem muita coisa errada na cena. Retiraram a vítima andando do veículo e nem colocaram o colete cervical, deitaram a vítima direto na maca, depois tiraram a vítima da maca e colocaram a prancha para ele deitar e não colocaram aqueles blocos amarelos que seguram a cabeça. Eram do Samu mesmo?”

Roberto

10 de outubro, 2021 | 09:22

“O motorista da ambulância está errado, como é um cruzamento com semáforo e prédios do lado onde outros motoristas não tem a visão do cruzamento e sabendo disso, o SAMU deveria ter diminuído a velocidade e atravessado com cautela , imagina se tivesse pessoas e principalmente crianças no passeio, poderia ter sido uma tragédia, então que os socorrista tomem mais cuidado nas próximas vezes, e triste que agora vai ficar sem uma ambulância por um bom tempo , mas parabenizando todos os profissionais da saúde , bombeiros, SAMU etc, eles são fundamentais para nossa população!”

Envie seu Comentário