07 de outubro, de 2021 | 15:11

Mentalidade Corrupta

Wanderson R. Monteiro *

Vivemos em uma sociedade caótica que parece andar a passos largos para o abismo, um mundo onde, a cada dia que passa, fica mais visível que o "ter" é mais almejado que o "ser", um mundo onde não se medem esforços para alcançar o que se deseja, mesmo que, para isso, tenha que se passar por cima de outros, um mundo em que, para ter o que se quer, muitas pessoas não se importam de ignorar os direitos dos demais. Vivemos em um mundo onde, para muitos, vale tudo para se dar bem. E, como é fácil perceber, nosso país não foge a essa regra, de forma que a maioria de nossa população está disposta a tudo para conseguir realizar seus desejos, por mais mesquinhos e infantis que eles sejam, sem se importar com as consequências que isso trará aos outros.

Mas, de quem é a culpa? Quem é responsável pelo nosso país estar da forma que vemos hoje? De quem é a culpa de parecer que estamos vivendo em uma terra sem lei, onde pode tudo e vale tudo, desde que você tenha dinheiro e possa pagar? De quem é a culpa por vivermos em um país tão imoral, e por isso, tão corrupto?

Muitos poderão responder que a culpa é do "governo", que os governantes não dão bom exemplo para a população, são corruptos, que roubam do povo com seus altos impostos sem aplicá-los de forma correta para o bem da sociedade, e que, por tabela, toda essa corrupção e mal gerenciamento dos recursos dão a população o empurrão necessário para se lançar, assim como eles, na lama da corrupção, sem pensar duas vezes em obter qualquer tipo de lucro, mesmo que seja às custas de outras pessoas.

Mas, será que essa desculpa cola? Será mesmo que a culpa é só dos governantes? Será que, realmente, alguém acredita que o erro deles justifica os nossos? Os atos corruptos do governo, ou de qualquer pessoa, justificam nossas ações corruptas?

Não acredito que a corrupção do governo, ou todos os problemas que assolam nosso país, possam servir de desculpa para alguém se lançar na lama da corrupção e da imoralidade, mas não nego também que, muitas pessoas, que não têm respeito e para com o seu próximo, utilizam dessas desculpas esfarrapadas para tentar se dar bem às custas dos outros. E essas pessoas estão em todas as áreas e classes de nossa sociedade.

Acredito que, para termos uma pequena esperança de mudança para nossa sociedade, devemos parar de buscar culpados, o que que só servem para justificar erros alheios, e começarmos a assumir uma posição mais justa e íntegra diante de todos, onde a justiça, e o bem-estar dos outros tenham mais valor do que o lucro e o enriquecimento a qualquer preço. Para que as coisas possam começar a melhorar, é de suma importância que toda essa mentalidade corrupta seja abandonada por todas as esferas de nossa sociedade: desde os líderes até aos liderados. Só assim começaremos a caminhar em direção à uma sociedade melhor.

*Wanderson R. Monteiro (Bacharel em Teologia) São Sebastião do Anta - MG [email protected]


Obs: Artigos assinados não reproduzem, necessariamente, a opinião do jornal Diário do Aço
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário