24 de setembro, de 2021 | 12:00

Partida contra o América foi cancelada por falta de registro de jogadoras do Social

Divulgação
Conforme ofício da FMF, atletas do clube não tiveram seus nomes publicados no BID da CBFConforme ofício da FMF, atletas do clube não tiveram seus nomes publicados no BID da CBF

A partida de abertura do Campeonato Mineiro Feminino, que seria às 15h desta sexta-feira (24), América x Social, foi cancelada pela Federação Mineira de Futebol (FMF). Em ofício divulgado nesta data, a entidade explica que o jogo foi cancelado porque o time de Coronel Fabriciano não registrou suas atletas junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e, consequentemente, não houve publicação no Boletim Informativo (BID) da CBF.

Portanto, como o Social não tinha jogadoras regulares para o jogo, a FMF cancelou a partida e deu a vitória ao América por WO, pelo placar de 3 x 0, como prevê o regulamento.

Para disputar as competições promovidas pela FMF, os atletas e atletas dos clubes participantes devem ter seus nomes registrados no sistema interno da entidade e publicados no BID da CBF até o dia útil imediatamente anterior à realização da partida.

O ofício da FMF ainda esclarece que novo WO do Social será considerado como abandono do clube. Se isso ocorrer, o Social deverá pagar multa de R$ 100 mil e ficará impedido de participar do Estadual por dois anos. Até o momento, a diretoria do time fabricianense não se manifestou sobre o ocorrido.

Surpresa americana
Por meio de nota, o América informou que “foi surpreendido pelo acontecimento, visto que realizou todos os passos necessários para a preparação visando à estreia do Campeonato Mineiro, incluindo os exames de detecção da covid-19”.

A coordenadora geral da equipe, Luiza Parreiras, contou que “a notícia do cancelamento da partida foi recebida com muita frustração e surpresa. As nossas atletas vinham estudando o adversário e se preparando com muita dedicação. Todas as questões de logística e comprimento dos protocolos da partida já estavam prontos, cumprindo as nossas obrigações como mandante”.

As atletas americanas agora passam a se preparar para o primeiro clássico da competição. No próximo sábado (2), o América enfrentará o Atlético, às 15h, no Sesc Venda Nova, pela 2ª rodada do estadual.

Posição da FMF
Em entrevista à 97 FM, afiliada da Rádio Itatiaia no Vale do Aço, o presidente da Federação Mineira de Futebol, Adriano Aro, afirmou que a entidade tentou entrar em contato com o clube, “mas o Social não teve condições de inscrever suas atletas como manda o regulamento. A federação entende que essa é uma situação delicada e peculiar e aguarda que o clube possa inscrever suas atletas o mais rápido possível para voltar ao campeonato”, concluiu Aro.

Social espera que partida seja remarcada
No fim da tarde de sexta-feira (24), o Social usou suas mídias sociais para dizer que encontrou “dificuldades na publicação dos nomes das suas atletas no BID da CBF” e que por isso a publicação em tempo hábil para a realização do jogo não foi possível. A nota ainda ressalta que o clube já tinha realizado todos os procedimentos para a viagem a Belo Horizonte, como teste de covid, reserva de hotel e transporte.

Com o cancelamento da partida e encaminhamento do caso pela FMF ao Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), o Social “comunica que já está preparando a documentação da defesa com a confiança que a partida seja remarcada”.



Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário