23 de setembro, de 2021 | 06:49

Criminoso ipatinguense morre ao enfrentar a PM em Contagem

Fugitivo da Penitenciaria de Muriaé desde o mês passado, Jefferson Hugo Bernardino se escondeu em uma caixa d’água e trocou tiros com a Rotam

Divulgação
Com passagens por crimes violentos no Vale do Aço, Jeferson Hugo Bernardino, de 30 anos, era procurado em todo o estadoCom passagens por crimes violentos no Vale do Aço, Jeferson Hugo Bernardino, de 30 anos, era procurado em todo o estado

Fim da linha para o ipatinguense Jeferson Hugo Bernardino, de 30 anos, morto ao enfrentar policiais militares do Batalhão Rotam em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ele morreu depois de trocar tiros no cerco realizado por policiais ao apartamento onde morava, situação ocorrida no fim da tarde de quarta-feira (22), conforme apurou a reportagem do Diário do Aço.

Considerado de alta periculosidade, Jeferson era procurado em todo o estado desde que [link https://www.diariodoaco.com.br/noticia/0088419-envolvido-em-ataques-a-caixas-eletronicos-foge-de-penitenciaria-em-muriae
|fugiu da Penitenciária de Muriaé], na Zona da Mata, no mês de maio passado, como divulgou o jornal à época. Jeferson fazia parte de uma quadrilha que agia em explosões de caixas eletrônicos e é suspeito de diversos crimes violentos.

Os policiais militares da capital receberam informações que Jeferson morava em um apartamento na rua Perobas, no bairro Parque São João, em Contagem. As equipes da Rotam foram para o endereço e cercaram o imóvel. Ele estaria no terceiro andar do prédio, conforme as denúncias.

O local foi vistoriado, mas o foragido não foi encontrado. Porém, os PMs avistaram uma abertura no teto, com acesso para a caixa d’água. Um dos policiais subiu para verificação e conseguiu observar que havia uma pessoa tentando se esconder dentro da caixa.

O PM determinou que o suspeito saísse com as mãos para cima, mas ele teria empunhado uma arma de fogo e apontado para o policial. O militar mais uma vez deu ordens para que largasse a pistola, mas como havia risco iminente ele disparou contra o indivíduo.

Assim que os tiros pararam, a caixa d’água se partiu diante dos tiros que a acertaram e o homem caiu no piso inferior. Os policiais militares providenciaram o socorro para o ferido, que deu entrada no Hospital Municipal de Contagem. Ele foi levado para o bloco cirúrgico, mas, não resistiu e morreu.

Jeferson usava uma carteira de identidade falsa. Havia a foto dele, mas com outro nome. Os PMs apreenderam a pistola calibre 9 milímetros municiada com seis cartuchos. Com a identificação real confirmada, os policiais apuraram que era o indivíduo procurado pela Justiça e estava com um mandado de prisão expedido pelo juiz de da Comarca de Muriaé.

Diversos registros policiais envolvendo o foragido Jeferson

A “capivara” (registros de ocorrências) de Jeferson foi verificada pelos PMs da capital. Além do registro da fuga da Penitenciária de Muriaé, há registros por roubos em Timóteo, Ipatinga, Coronel Fabriciano e Joanésia, foi investigado por envolvimento com explosão de caixa eletrônico, um assalto à agência dos Correios de Mesquita em 2012, quando duas pessoas morreram, e outros crimes.

No dia 20 de maio deste ano, Jeferson fugiu da Penitenciária Dr. Manoel Martins Lisboa Júnior, em Muriaé na companhia de Robson Vidal de Almeida, quando os dois seguiam para as celas. Os dois saíram correndo e conseguiram escalar o alambrado próximo ao canil e oficina mecânica da unidade. Apesar do cerco policial em toda a região de Muriaé, os dois presos não foram encontrados.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Cam

25 de setembro, 2021 | 20:22

“Fica fácil falar menos 1 quando não conhecemos queria saber se fosse o filho,pia ou irmão de quem tem essa opinião temos que vê que uma mãe uma família sofre nesse momento que somos bois para julgar quem deve ou não viver isso só Deus pode..”

Zé Povim

24 de setembro, 2021 | 13:43

“Esse aí era o Jefinho matador, parceiro do filipin. Matava mais que formicida tatú.”

Vini Carv

23 de setembro, 2021 | 16:01

“Belo trabalho da polícia. Que mais notícias como essas sejam noticiadas”

Pedrinho Perito

23 de setembro, 2021 | 10:10

“Menos 01 de vários que ainda estão nas ruas e nos complexos prisionais.”

Envie seu Comentário