14 de setembro, de 2021 | 14:29

Governo mineiro quer concluir vacinação de adultos com 1ª dose ainda neste mês

Fábio Marchetto
Secretário de saúde apontou que Minas está desacelerando a quantidade de óbitos por covidSecretário de saúde apontou que Minas está desacelerando a quantidade de óbitos por covid

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG) pretende atingir ainda neste mês a meta de imunizar 100% dos adultos acima de 18 anos com a aplicação da primeira dose da vacina contra covid-19. Até agora, o índice de cobertura chega a 84,96%. Pelo menos 342 cidades informaram a conclusão da vacinação da população adulta com a D1, incluindo Belo Horizonte e outras sete cidades na Região Metropolitana: Confins, Contagem, Matozinhos, Nova Lima, Pedro Leopoldo, Rio Manso e São Joaquim de Bicas.

As informações foram repassadas na manhã de segunda-feira (13) pelo secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, que se reuniu com prefeitos na Região Metropolitana de Belo Horizonte a convite da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Agência RMBH) e da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel), cujos representantes também participaram do evento. O objetivo da reunião foi atualizar os gestores sobre as ações que estão sendo realizadas pelo Estado.

"Vemos que em Minas Gerais está desacelerando a quantidade de óbitos. Era comum termos muito óbitos acima de 100, estamos mantendo sempre abaixo. Nas últimas 24 horas, foram confirmadas 70 mortes por covid-19. A média está cada vez menor", afirmou o secretário.

Minas Gerais tem a menor taxa de mortalidade por covid-19 entre os estados das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, locais com o perfil demográfico e epidemiológico mais parecido com o de Minas.

Baccheretti apontou que os municípios em Minas, de uma forma geral, estão acatando as orientações do Ministério da Saúde e da SES, respeitando as notas técnicas ao não usar a segunda dose como primeira, o que evita a falta do imunizante como está ocorrendo em outros estados.

Durante o evento, o secretário reforçou junto aos gestores as orientações previstas na deliberação da CIB-SUS/MG nº 3.508, publicada em 3/9/2021, que orienta os municípios sobre a aplicação da terceira dose e imunização de adolescentes de 12 a 17 anos. As cidades que tenham disponibilidade de doses remanescentes da vacina Pfizer e que já concluíram a vacinação da população com idade igual ou superior a 18 anos de idade poderão avançar para esta nova etapa da campanha.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário