11 de setembro, de 2021 | 10:53

Administração de Ipatinga qualifica 50 servidores com linguagem de sinais

Divulgação
As ministrações são realizadas na Unidade Centro de Pesquisa, Formação e Avaliação Pedagógica, no CanaãAs ministrações são realizadas na Unidade Centro de Pesquisa, Formação e Avaliação Pedagógica, no Canaã

O governo de Ipatinga informa que está oferecendo a 50 servidores da Educação Municipal um curso de Libras – Linguagem Brasileira de Sinais, para melhoria das condições de comunicação com a comunidade surda. De acordo com o IBGE, há mais de dez milhões de pessoas com alguma deficiência auditiva no Brasil.

As ministrações são realizadas na Unidade Centro de Pesquisa, Formação e Avaliação Pedagógica (UCEFOP), localizada no bairro Canaã.

O curso teve início no dia 30 de agosto e o conteúdo é ministrado duas vezes por semana. A duração é de oito meses, totalizando a carga horária de 180 horas.

De acordo com Maria Eliete Cruz Torres, gerente da Seção de Ensino Fundamental, os 50 participantes são divididos em duas turmas, uma de nível básico e outra de nível intermediário. Para a certificação, o aluno deverá obter 60% de aproveitamento em prova avaliativa.

“Esta preparação é muito válida porque representa mais um importante projeto de inclusão em uma sociedade que exclui considerável parcela de cidadãos ao adotar e valorizar as linguagens oral e escrita para se comunicar. A comunicação não se restringe somente a estas duas modalidades, existindo outras habilidades de expressão”, comenta.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário