09 de setembro, de 2021 | 10:05

Avião com 300 quilos de cocaína é abatido pela FAB

Divulgação FAB
Aeronave de pequeno porte entrou no espaço aéreo sem autorização, vindo da Bolívia com uma carga de cocaína pura Aeronave de pequeno porte entrou no espaço aéreo sem autorização, vindo da Bolívia com uma carga de cocaína pura

A Força Aérea Brasileira confirmou que abateu, na noite de terça-feira (7) uma aeronave de pequeno porte que entrou sem autorização no espaço aéreo brasileiro pela fronteira com a Bolívia.

O avião de pequeno porte foi detectado pelos radares brasileiros, sem plano de voo e sem identificação.

Dois caças da FAB foram mobilizados para interceptar a aeronave e depois de procedimentos padronizados para contato com o piloto do pequeno avião, os militares receberam autorização para atirar.

Um único tiro, segundo da FAB, obrigou o piloto a fazer um pouso forçado em uma área rural no município de Brasnorte, no Mato Grosso.

O piloto conseguiu fugir até que as forças terrestres cercassem o local da queda do avião. Na aeronave foram encontrados 296,2 kg de cloridrato de cocaína, a forma pura da droga, e um quilo de maconha, segundo informações da FAB e da Polícia Federal.

O avião abatido é avaliado em R$ 1 milhão, e a carga de entorpecentes encontrada vale cerca de R$ 7,4 milhões.

A Polícia Militar de Mato Grosso anunciou na quarta-feira (8) que prendeu, em Campo Novo do Parecis, a 250 km da fronteira com a Bolívia, um homem suspeito de envolvimento com a ocorrência.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Querosene

09 de setembro, 2021 | 10:17

“Piloto sempre”

Envie seu Comentário