08 de setembro, de 2021 | 15:44

Secretaria de Saúde de Ipatinga promove ações de valorização à vida

Divulgação
Estatísticas mostram que passam de 13 mil os suicídios registrados por ano no Brasil Estatísticas mostram que passam de 13 mil os suicídios registrados por ano no Brasil

Com o intuito de conscientizar a população sobre a importância de valorização da vida e levantar debates em torno de cuidados relacionados à saúde mental, o Departamento de Atenção Especializada (DAES) de Ipatinga informa que dá início à campanha do Setembro Amarelo, que neste ano está centrada no tema Você Não Está Só.

Durante todo o mês, serão realizadas ações de orientação e sensibilização junto aos usuários, profissionais dos serviços de saúde do município e população em geral.

A taxa de suicídios a cada 100 mil habitantes aumentou 7% no Brasil, ao contrário do índice mundial, que caiu 9,8%, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). A campanha é um meio de conscientização, combate e prevenção ao suicídio, um fenômeno complexo e que pode afetar qualquer pessoa.

A abertura das atividades em Ipatinga ocorre na manhã desta quinta-feira (9), no auditório do Hospital Municipal Eliane Martins (HMEM), com palestra da psicóloga Fabiane Cristina Alvim sobre “Acolhimento: a porta para a construção de uma saída”.

A diretora do DAES, Mônica Lacerda Cevidanes, explica que em razão de todos os reflexos da pandemia, a campanha ganha uma importância ainda maior em 2021. “As limitações impostas nesse período de pandemia acabaram agravando ou gerando quadros de ansiedade e depressão que merecem atenção especial. Com essas ações, queremos levar à população melhores informações sobre os mecanismos de apoio existentes na rede pública e, ao mesmo tempo, identificar as pessoas que precisam de ajuda. É preciso chamar a atenção para a importância de pedir auxílio profissional quando algo não está bem, quando a mente está torpedeada por situações que parecem irreversivelmente em solução”, diz.

Outras programações serão realizadas no decorrer deste mês, como atividades nas escolas municipais para orientar os estudantes sobre a importância de buscar ajuda profissional, blitzen educativas em diversos pontos da cidade, além de outdoors e banners informando os canais de auxílio em caso de necessidade.

Onde buscar ajuda

CLIPS (Clínica Psicossocial): rua Joaquim Nabuco, 370, Cidade Nobre; CAPSi (Centro de Atenção Psicossocial e Infanto-Juvenil): rua Campinas, 105, Veneza; CVV (Centro Valorização à Vida) Ipatinga: Telefone: 188; Unidades Básicas de Saúde (UBS).
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário