07 de setembro, de 2021 | 08:12

Suspeito é preso com armas de fogo que seriam as usadas em homicídio no Baixa Verde

PM localizou um jovem de Timóteo na companhia de um motorista de aplicativo no distrito de Cava Grande, em Marliéria

Divulgação Polícia Militar
O cão Lion, da Rocca, encontrou onde estavam escondidas as duas armas de fogoO cão Lion, da Rocca, encontrou onde estavam escondidas as duas armas de fogo

Denúncias ajudaram a Polícia Militar na apreensão de armas de fogo e na prisão de um jovem de 19 anos suspeito de envolvimento no homicídio e na tentativa de homicídio praticados na tarde do último domingo (5) na estrada para o distrito de baixa Verde, em Dionísio. M.H.R.B.S., integrante de uma gangue rival que poderia estar ligada ao crime, foi preso no distrito de Cava Grade, em Marliéria, no fim da tarde de segunda-feira (6).

As equipes da PM patrulhavam Cava Grande e foram informadas sobre a presença de dois indivíduos que estariam escondendo ou procurando armas de fogo em um matagal na rua Santa Catarina. Os policiais depararam com M.H. saindo do mato todo suado e sujo de terra.

Ao ser identificado, os PMs apuraram que o jovem era integrante da gangue B-13 do bairro Bela Vista, em Timóteo. Ele entrou em contradições ao tentar explicar o que fazia no local, quando ocorreu a outra abordagem, ao M.A.S., de 29 anos, que alegou ser motorista de aplicativo e ter sido contratado para uma corrida até o local.

A origem da corrida foi no Bela Vista e assim que chegaram até a rua Santa Catarina, em Cava Grande, o passageiro M.H. pediu o celular do motorista e ele entrou no mato, pouco antes da chegada dos policiais militares. A equipe da PM achou estranho que o Fiat Palio estava como se estivesse escondido.

Diante destas situações estranhas e contradições das explicações dos abordados, os policiais resolveram fazer uma varredura no matagal. Eles solicitaram o apoio de um cão da Rondas Ostensivas com Cães Adestrados (Rocca) do 14º Batalhão de Ipatinga.

Durante a intensa busca na área, o cão Lion achou um buraco com duas camisas que enrolavam duas armas de fogo: uma pistola calibre 9 mm, municiada com 17 cartuchos e a numeração raspada, e um revólver calibre 38 carregado com 5 cartuchos. M.H. acabou assumindo a posse do armamento localizado.

Os policiais suspeitam que elas foram usadas no crime do último domingo, já que os autores do crime usaram três armas, sendo duas pistolas e um revólver. Entre eles, um foi identificado, o R.A.L.F., de 27 anos, que é um dos líderes das gangues B-13 do K-9 que estão em guerra contra as gangues do Cirilo e do Brejo, esta rixa já provocou diversos atentados contra a vida de integrantes rivais.

Os dois abordados foram presos e encaminhados para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Ipatinga, juntamente com as armas apreendidas. O carro do motorista de aplicativo, que pode estar sendo utilizado pela gangue do B-13, foi apreendido e removido ao pátio credenciado pelo Detran.

Quatro envolvidos no crime de Baixa Verde
Além de R.A.L., participaram do crime no Baixa Verde, no último domingo, mais três indivíduos que estavam em uma picape Fiat Strada de cor banca. R. e mais duas pessoas desembarcaram do veículo, todos com armas de fogo e disparam diversos tiros contra as vítimas. Elas estavam em uma moto quando foram jogadas ao chão com o uso da Strada.

Morreu na hora com os tiros o Vitor Hugo Silva Oliveira, de 21 anos. Seu amigo, o D.L.O., de 27 anos, conseguiu escapar mesmo baleado duas vezes nas pernas. Ele reconheceu o R.A. como sendo um dos autores do atentado. Na colisão da Strada contra a moto, para derrubar as vítimas, a placa da picape se soltou e ficou para trás.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Beltrano

07 de setembro, 2021 | 12:15

“Parabéns aos policias militares de Timóteo e Cava Grande pela resposta rápida pra sociedade. Mataram um trabalhador, menino muito gente boa.”

Envie seu Comentário