27 de julho, de 2021 | 16:55

Prefeitura libera torcida nos estádios de Belo Horizonte

Bruno Cantini
Poderá ser ocupado somente 30% da capacidade total dos estádiosPoderá ser ocupado somente 30% da capacidade total dos estádios

Com indicadores da covid-19 em queda em Belo Horizonte, o prefeito Alexandre Kalil definiu a volta de até 30% dos torcedores aos estádios da capital mineira. O anúncio foi feito na tarde de terça-feira (27), após reunião do prefeito com dirigentes de América, Atlético e Cruzeiro.

As exigências são: torcida única para o mandante; exigência de teste PCR ou rápido negativo para a covid-19; torcedor precisará apresentar ingresso comprado com antecedência via internet; obrigatório uso de máscara; não é recomendado entrada de grávidas; é preciso bloquear assentos para manter distanciamento entre as pessoas.

A prefeitura vai realizar um evento-teste no primeiro jogo que tiver possibilidade. "Os clubes vão se entender com a confederação e ver quem vai fazer o primeiro teste", disse Jackson Machado Pinto, secretário municipal de Saúde.

Como a Conmebol já havia liberado a presença de público em jogos da Copa Libertadores e também da Copa Sul-Americana, a partida entre Atlético e River Plate, marcada para o dia 18 de agosto, no Mineirão, pode ser a primeira com a volta do público em BH.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário