24 de julho, de 2021 | 11:01

Brasil registra pouco mais de 100 casos da variante Delta

Tomaz Silva/Agência Brasil
Maioria dos casos registrados até aqui são no Rio de JaneiroMaioria dos casos registrados até aqui são no Rio de Janeiro

Novo balanço do Ministério da Saúde mostra que foram identificados até o fim de semana 143 casos de pessoas infectadas com a variante Delta do novo coronavírus. Esse tipo de alteração do vírus era anteriormente conhecida como “variante indiana”. No levantamento anterior, divulgado em 19 de julho, haviam sido detectados 110 casos.

Dos 143 infectados no Brasil, nove tiveram quadro grave e morreram em função das complicações decorrentes da covid-19. No balanço anterior, as autoridades haviam registrado cinco óbitos.

O local com mais registros até o momento foi o Rio de Janeiro, com 88 casos mapeados. Em seguida vêm São Paulo com 15, Paraná com 13, Distrito Federal com seis, Maranhão com sete, Santa Catarina com cinco, Rio Grande do Sul e Pernambuco com três cada, dois em Goiás e um em Minas Gerais. Os números podem ser ainda maiores, já que o Brasil não testa o suficiente.

Dos sete casos do Maranhão, seis foram detectados em um navio que aportou no litoral do estado. No balanço anterior, divulgado no dia 19 de julho, as autoridades de saúde haviam detectado casos em sete estados, enquanto no balanço de hoje foram dez.

Das nove mortes em razão da variante Delta do novo coronavírus, quatro ocorreram no Rio de Janeiro, outras quatro no Paraná e uma no Maranhão.

O ministério afirmou em comunicado que orienta estados e municípios a ampliar o sequenciamento genômico (procedimento que permite encontrar as variantes do novo coronavírus entre os infectados).

Além disso, são recomendações a notificação imediata dos casos, o isolamento dos infectados e a adoção de medidas de prevenção em áreas onde foram encontrados pacientes com a variante. (Agência Brasil)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário