21 de julho, de 2021 | 15:42

Serviços de abastecimento de água são fiscalizados em Coronel Fabriciano

Divulgação
Arsae constatada elevada reclamação de falta de água e perda do produto na distribuição; qualidade da água foi o ponto positivo da pesquisa  Arsae constatada elevada reclamação de falta de água e perda do produto na distribuição; qualidade da água foi o ponto positivo da pesquisa

A Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário de Minas Gerais (Arsae-MG) publicou nesta quarta-feira (21), relatório de fiscalização da prestação dos serviços de abastecimento de água da Copasa em Coronel Fabriciano. A fiscalização realizada pela Arsae-MG teve o objetivo de avaliar a qualidade dos serviços prestados na sede do município. Foram vistoriados o cumprimento dos prazos para atendimento dos serviços, as reclamações de falta d’água proferidas pela população e a qualidade da água para consumo humano distribuída. A fiscalização remota ocorreu no período de 10 de junho a 8 de julho de 2021.

Conforme o relatório, foi identificada a existência de um número elevado de reclamações de falta d’água, além de um alto índice de perda de água na distribuição.

Quanto à água produzida e distribuída na cidade, os registros das análises realizadas demonstram que, no geral, os resultados atendem aos padrões de potabilidade, sendo necessário que a Copasa, no entanto, cumpra integralmente o plano de amostragem definido pela legislação para garantir que a água não provoque riscos à saúde da população.

Conforme a Arsae, a fiscalização também ressaltou a importância do prestador de serviços realizar inspeções periódicas nas unidades no sistema, solucionando os problemas de forma a garantir a continuidade e a qualidade do abastecimento de água.

O relatório completo está disponível no site da Arsae-MG (www.arsae.mg.gov.br>Fiscalização>Fiscalização Operacional). O documento foi enviado à administração municipal para ciência e acompanhamento e para o prestador dos serviços, a fim de que sejam corrigidos os pontos abordados nos itens “constatações e não conformidades”.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Irene Nogueira

22 de julho, 2021 | 14:17

“Tem também que fiscalizar o valor absurdo na conta da água.”

Envie seu Comentário