20 de julho, de 2021 | 17:18

Secretaria de Meio Ambiente alerta sobre perigo de queimadas em Belo Oriente

Divulgação
Brigadistas precisaram conter focos de incêndio na cidade na última semanaBrigadistas precisaram conter focos de incêndio na cidade na última semana

Um problema constante neste período do ano é o aumento de focos de incêndio, por isso, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente de Belo Oriente alerta a população sobre o perigo das queimadas.

Apenas na última semana, a equipe da Secretaria, com ajuda de brigadistas voluntários, teve que combater três focos de incêndio que se iniciaram próximos à sede de Belo Oriente. Geralmente, o fogo é para eliminar resíduos de podas de árvores, lixo e roçagem de terrenos.

“Devemos ter consciência de que as queimadas causam muitos danos ao nosso meio ambiente, diminui a qualidade do ar, provoca doenças respiratórias, como asma e rinite, atingindo, principalmente idosos e crianças. Além de poder atingir residências e veículos”, destaca o secretário Vágner das Graças Roque.

O Código de Posturas do município prevê multa de um a dez vezes o valor da Unidade Fiscal (UF), elevada ao dobro em caso de reincidência, caso não se cumpra as regras para o preparo de aceiros. A Lei Federal nº 9.605/1998, sobre crimes ambientais, prevê punição que pode ser de multa e detenção de seis meses.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário