16 de julho, de 2021 | 23:03

Mototaxista é assassinado a tiros no Caravelas, em Ipatinga

Segundo informações da polícia, homem de 41 anos havia saído da cadeia no último mês de março

Wellington Fred
Marcelo foi atingido pelos tiros pouco antes de chegar na esquina da rua São Borja com a rua AracajuMarcelo foi atingido pelos tiros pouco antes de chegar na esquina da rua São Borja com a rua Aracaju

O mototaxista Marcelo Gomes, de 41 anos, foi assassinado a tiros na noite de sexta-feira (16), depois de levar uma passageira à rua São Borja, entre os bairros Caravelas e Jardim Panorama, em Ipatinga. A vítima havia saído da cadeia há pouco meses.

O Diário do Aço apurou no local do crime que Marcelo trabalhava em um ponto de mototáxi na rua Pelicano, no bairro Vila Celeste e havia sido acionado para levar uma passageira até o Caravelas. O tenente Clessiano informou que a mulher é cliente do ponto e sempre solicita o serviço de transporte, independentemente do motociclista disponível.

Assim que o mototaxista deixou a mulher no destino, ele saiu do local, mas não trafegou muito. Marcelo foi surpreendido por um indivíduo, não identificado. Populares escutaram quatro tiros e viram uma pessoa correndo pela rua Aracaju até uma motocicleta de cor escura, tipo Honda CG, estacionada nas proximidades.

O assassino, um homem magro, fugiu sentido à grota do Jardim Panorama. Uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros chegou a ser acionada para atender o ferido, contudo, Marcelo já se encontrava sem sinais vitais. Ele morreu caído junto à moto Honda CG com a qual trabalhava.

O local foi isolado para o trabalho da perícia da Polícia Civil. O perito constatou cinco perfurações por tiros, entre entradas e saídas de projéteis. Um dos tiros atingiu as costas, um a testa, dois a face e um o braço direito. Dois projéteis de arma de fogo foram recolhidos no local do crime.

Enquanto os policiais trabalhavam na área onde ocorreu o assassinato, uma pessoa informou que chegou a presenciar de longe o atirador disparar a arma de fogo em direção ao rosto do mototaxista. O corpo da vítima foi removido ao Instituto Médico-Legal (IML) de Ipatinga logo depois do trabalho pericial.

O celular da vítima, segundo a PM, não foi achado. Ele estava apenas com o fone de ouvido que seria utilizado no aparelho. Os policiais estiveram na casa de Marcelo, no bairro Vila Celeste, contudo, nada de ilícito ou que pudesse ajudar a elucidar o homicídio foi achado nas buscas. Há uma informação segundo a qual a vítima teve um desentendimento dias atrás com um indivíduo no Vila Celeste, mas ainda não há qualquer indício da correlação de fato com o crime.

O tenente Clessiano solicitou à população que, se souber de alguma informação, a encaminhe para a Polícia Militar via 190 ou no telefone 181, Disque Denúncia Unificado. Não há necessidade da pessoa se identificar. As buscas continuam em toda a região.


MAIS FOTOS

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário