17 de junho, de 2021 | 09:55

Homem é preso depois de castrar violentamente um cachorro em Braúnas

Enviada para o portal Diário do Aço
"Marujo" foi ferido nos testículos durante uma tentativa de castração violenta na cidade de Braúnas

Uma crueldade contra um cachorro revoltou a comunidade de Braúnas, na quarta-feira (16) e resultou na prisão de um homem de 54 anos. Ele é suspeito de tentar castrar o cãozinho conhecido como "Marujo", provocando ferimentos no animal. O caso foi registrado pela Polícia Militar na rua Professora Josina Alves Barroso.

Os policiais militares foram informados que havia um cachorro machucado e com sinais de ter sido alvo de tentativa de castração. A proprietária do animal foi localizada e confirmou a situação. Ela indicou um suspeito, J.M.A., de 54 anos, que teria causado os ferimentos no animal.

A equipe policial foi até a casa do suspeito, onde depararam-se com marcas de sangue em frente ao imóvel. O homem, entretanto, não se encontrava no local. Os militares localizaram o indivíduo em outra residência. Ele negou ter feito qualquer coisa com o cachorro e levou os PMs até o imóvel.

Apesar da negativa, os PMs constataram marcas de sangue na escada e por toda a varanda da casa. Havia ainda um forte cheiro de sangue pelo local. O filho da dona do cachorro disse aos policiais ter observado o suspeito lavando a calçada, porém as manchas continuavam visíveis. O jovem disse que Marujo era visto frequentemente seguindo o homem pelas ruas da cidade.

Diante da suspeita que recaía sobre o denunciado, os policiais conduziram o suspeito ao plantão da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Ipatinga. A ocorrência policial foi registrada por suspeita de maus tratos a animais. Ele foi autuado em flagrante e encaminhado para o Ceresp ficando à disposição da Justiça.

Marujo foi para clínica veterinária

O Diário do Aço foi informado que o cãozinho ferido foi transportado em um carro da Prefeitura de Braúnas para a clínica veterinária Reino Animal, em Coronel Fabriciano, onde está recebendo os cuidados. O tratamento foi conseguido por uma moradora de Braúnas que ficou sensibilizada pela situação.

Em contato com a veterinária Rafaela Nunes, ela informou que “Marujo” é um cão de porte grande e SRD (Sem Raça Definida). Ela e o veterinário Renato Fernandes conseguiram controlar a hemorragia, além de medicarem o animal conseguindo evitar uma transfusão de sangue, pois ele havia perdido muito sangue.

Após os primeiros cuidados no cachorro, nesta quinta-feira, Marujo já estava bem, ativo e se alimentando. Ele deverá ser submetido a uma cirurgia para terminar a castração. Ele tem ferimentos variados nos testículos. “É muito dócil, o Marujo”, comentou a veterinária Rafaela ao Diário do Aço.




Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Protetor

18 de junho, 2021 | 16:29

“Barbaridade, Joanésia, Braúnas e Mesquita matam animais todos os dias: porcos, bois e frangos... tem provas, é só ir nos supermercados....”

Protetor

18 de junho, 2021 | 14:10

“Foi aprovada uma lei que aumenta a punição de maltrato aos animais. É permitido matar boi? É permito do matar galinha? É permitido matar porco? É permitido matar cachorro? É permitido matar gato? É permitido matar gambá? É uma ironia a questão de proteção dos animais, todos deveriam ser protegidos. Nasce um bezerro, um porquinho e são dóceis animais. São mortos de maneira violenta, pancada na cabeça e penetração de faca no coração. Queria perguntar aos protetores de animais se comem carne.... Tem que ter uma lei que proteja todos animais...todos..”

Ze Renato

18 de junho, 2021 | 08:25

“Tem é que cadastrar esse fdp que machucou o cachorro !”

Araújo

17 de junho, 2021 | 22:39

“Vamos ver se vai responder pela a lei sansão. Se vai realmente ficar preso.”

Zoio de Zoiar

17 de junho, 2021 | 16:42

“A lei de talião também dita pena de talião, consiste na rigorosa reciprocidade do crime e da pena ? apropriadamente chamada retaliação. A perspectiva da lei de talião é o de que uma pessoa que feriu outra pessoa deve ser penalizada em grau semelhante, e a pessoa que infligir tal punição deve ser a parte lesada. Em interpretações mais suaves, significa que a vítima recebe o valor estimado da lesão em compensação. Resumindo: olho por olho, dente por dente.”

Regiane

17 de junho, 2021 | 16:02

“Que barbaridade, graças a Deus em Joanésia ,Braunas e Mesquita temos protetores, essa clínica Reino Animal é excepcional,atendem igualmente do pobre ao rico e tem muita compaixão com os pobrezinhos.”

Envie seu Comentário