12 de junho, de 2021 | 08:00

Cruzeiro enfrenta Goiás sob comando do novo técnico

Gustavo Aleixo
Mozart Santos chega com a pressão de vencer primeiro jogo, já que a Raposa ainda não pontuou na Série BMozart Santos chega com a pressão de vencer primeiro jogo, já que a Raposa ainda não pontuou na Série B

De técnico novo, o Cruzeiro enfrenta o Goiás às 21h deste sábado (12), no Mineirão, pela terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Mozart Santos foi anunciado como novo comandante da equipe na noite de quinta-feira (11) e ficará no clube, a princípio, até o fim da Segunda Divisão. Na estreia, ele terá a pressão de vencer, já que o clube está há duas rodadas sem pontuar.

Além da pressão iminente para pontuar, Mozart chega com a missão de retornar o clube à elite do futebol nacional. “Neste período de cinco meses, temos ambição de voltar a Série A, onde o clube nunca deveria ter saído. Vai ser com muita luta, entrega. É um campeonato muito duro. Tive oportunidade de disputar ano passado. Infelizmente, chegamos muito próximo do acesso com o CSA. Ficou com aquele gostinho amargo. Tenho certeza que iremos conseguir coroar esse campeonato com o acesso no final do ano”, declarou.

Uma das primeiras ações de Mozart no clube foi pedir a volta do meia Giovanni Piccolomo, emprestado ao Avaí porque não estava nos planos do então treinador Felipe Conceição, demitido nesta semana após eliminação na Copa do Brasil. No caso de retorno, o que pode ocorrer, já que o contrato de empréstimo permite que o Cruzeiro peça o jogador de volta, o time ficaria com cinco meias. Hoje o elenco tem Marcinho, Claudinho, Marco Antônio e Rômulo.

Além de Giovanni, outros atletas não utilizados por Conceição serão avaliados por Mozart, como o volante Ariel Cabral, o atacante Thiago e o meia Lucas Ventura, que estavam treinando separado.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário