09 de junho, de 2021 | 15:57

Minas recebe mais 237.510 doses de vacinas da Pfizer

Fábio Marchetto
Imunizantes serão distribuídos às 28 Unidades Regionais de Saúde ainda será divulgada pelo Governo de MinasImunizantes serão distribuídos às 28 Unidades Regionais de Saúde ainda será divulgada pelo Governo de Minas

A 23ª remessa de vacinas contra a covid-19 já chegou ao Estado para dar sequência à maior operação de vacinação da história de Minas Gerais. O lote, contendo 237.510 doses de vacinas da Pfizer, desembarcou na noite dessa terça-feira (8) no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins.

Logo após o desembarque, os imunizantes foram direcionados para a Central Estadual de Rede de Frio, da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), para que pudessem ser conferidas temperatura e condições de armazenamento. A logística para distribuição das vacinas às 28 Unidades Regionais de Saúde (URSs) ainda será divulgada pelo Governo de Minas.

Público-alvo

As 237.510 doses chegam para dar sequência ao esquema vacinal dos grupos prioritários, definidos pelo Ministério da Saúde. Nesta etapa, estão incluídos: Forças de Segurança e Salvamento, pessoas com comorbidades, gestantes e mulheres que acabaram de dar à luz com algum acometimento na saúde, pessoas com deficiência permanente, trabalhadores portuários, de transporte aéreo e da Educação.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Manuel

09 de junho, 2021 | 19:15

“Está é boa oportunidade para tomarmos esta vacina da pfizer, porque no meu caso tenho trombose na perna, e não quero em nenhuna hipótese tomar a astrazênica, nada é garantido em se falando desta vacina, para quem lê, e pesquisa, sabe que algums países, ela está proibida, agora se a pessoa já tem um trombo no corpo( perna) vai arriscar ? Muito importante neste momento, as autoridades competentes, olharem isso o mais rápido possível, até porque no meu caso tenho 59 anos, e ta no momento de tomar a vacina.”

Envie seu Comentário