07 de junho, de 2021 | 17:00

Polícia Civil amplia sistema de vistoria eletrônica de veículos em MG

O Sistema de Vistoria Eletrônica de Veículos da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) já está presente, neste momento, em 170 municípios mineiros. A nova ferramenta, além de substituir o uso de papel, diminui a possibilidade de fraudes e erros, dando mais segurança aos proprietários de veículos que buscam pelos serviços do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG).

A vistoria, obrigatória nos casos de transferência de propriedade, alteração de dados e emissão do Certificado de Registro do Veículo (CRV), é o ato de avaliar um veículo. O procedimento assegura a legitimidade da propriedade, a autenticidade da identificação do automotor e da documentação, além de constatar se os equipamentos estão em condições corretas e seguras para o uso.

Antes da implantação do sistema, a identificação veicular era realizada por meio do decalque das marcações de chassi e motor, extraído com uso de papel e lápis. No processo eletrônico, a avaliação é feita por meio de um aplicativo de celular com controle de localização, no qual o vistoriador inclui fotos e dados da identificação do veículo. As imagens e informações captadas são enviadas para o banco de dados do Detran-MG, com validação automática e laudo de vistoria imediato.

A implantação do sistema começou no quarto trimestre de 2019, em Belo Horizonte, e até de março deste ano estava presente em 25 cidades. O avanço para outras 145 localidades foi feito, em 2021, em menos de três meses. O objetivo da PCMG é estender a vistoria eletrônica para 100% das unidades de trânsito do estado o mais brevemente possível.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário