04 de junho, de 2021 | 16:04

Avançam as discussões sobre o Centro de Castração de Cães e Gatos de Ipatinga

Divulgação
Representantes do Legislativo estiveram reunidos para tratar de demanda antiga Representantes do Legislativo estiveram reunidos para tratar de demanda antiga

A viabilidade da implantação do Centro de Castração de Cães e Gatos e a aquisição de um castra-móvel para o município, foi tema de reunião entre os vereadores Adiel Oliveira (PMN) e Fernando Ratzke (Cidadania), o secretário Municipal de Saúde, Cleber Faria, a gerente do setor de Zoonoses, Eliana Lana, e a diretora do departamento de Zoonozes, Sâmela Iglesias, com as veterinárias Shara Regina e Amanda Martins.

O objetivo dos parlamentares, desde que começaram trabalhar em conjunto no projeto, é a diminuição da população de animais de rua em Ipatinga.

Na reunião, realizada dia 2 de junho, a equipe técnica da prefeitura afirmou que irá focar os esforços na implantação do Centro de Castração dentro da estrutura já pertencente ao poder Público.

O secretário de Saúde informou que será necessário realizar pequenas reformas para adequação de locais disponíveis. “São ações que faremos no intuito de adequar os locais que já temos, visando economia e viabilidade, para atender as exigências da resolução 367/19 do Conselho Regional de Medicina Veterinária”, disse o secretário.

O vereador Adiel Oliveira avaliou positivamente os avanços na idealização do Centro de Castração. “Vimos vontade política por parte da Administração Municipal e do prefeito Gustavo Nunes, em trabalhar políticas públicas para os animais de rua. Atualmente temos recebido reclamações quanto a superpopulação, principalmente de gatos, a exemplo do bairro Bela Vista. Vejo que a única forma para solução é adoção consciente, quando o dono cuida e depois leva o animal para castrar. A unidade móvel de castração, conhecida como castra-móvel, soma esforços e possibilita o atendimento ‘in loco’ de comunidades carentes. Só assim vamos impactar na situação em um curto espaço de tempo”, destacou Adiel.

Já o vereador Fernando Ratzke informou que tem se mobilizado para obtenção de recursos que viabilizem o castra-móvel. “Sabemos que a implantação do Centro de Castração de certa forma é mais viável, mas temos conversado com deputados para conseguirmos emendas parlamentares para compra de um castra-móvel e custeio. Estamos trabalhando conjuntamente para solucionarmos a questão da superpopulação de animais de rua no município”, pontuou o vereador.

Está marcado para a próxima semana um novo encontro do grupo para que sejam verificados os potenciais locais para a sede do Centro de Castração do município.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário