03 de junho, de 2021 | 07:59

Padrasto e enteada morrem em batida de carro com carreta na BR-381 entre GV e o Vale do Aço

Carro, depois de colidir frontalmente com um caminhão Scania, se incendiou na noite de quarta-feira matando o condutor de 40 anos e a adolescente de 17 anos

Enviada para o portal Diário do Aço
O VW Gol se incendiou depois da batida contra uma Scania na BR-381O VW Gol se incendiou depois da batida contra uma Scania na BR-381

Duas pessoas morreram na noite de quarta-feira (2) na BR-381, saída de Governador Valadares para o Vale do Aço, nas proximidades do distrito industrial. Um homem e uma adolescente estavam em um VW Gol que se incendiou depois de bater frontalmente com uma carreta. A suspeita é que o motorista do carro tenha provocado a colisão de forma proposital depois de discutir com a companheira.

As equipes de resgate e combate a incêndio do Corpo de Bombeiro Militar, de Governador Valadares, foram acionadas por volta das 20h30 logo depois da colisão do automóvel com um caminhão Scania, que puxava uma carreta.

Os corpos das vítimas, identificadas como Josiano de Oliveira, de 40 anos, e a enteada dele, a Yasmim de Oliveira Silva, de 17 anos, foram retirados do carro em chamas.

Josiano teve cabeça arrancada na colisão e o corpo sofreu carbonização. Já a adolescente, também sem sinais vitais conforme os bombeiros, apresentava indícios de múltiplas fraturas pelo corpo e pescoço.

Os corpos foram removidos ao Instituto Médico Legal de Governador Valadares depois da perícia da Polícia Civil.

O motorista da Scania, Loreno Jose Dallagno, de 62 anos, contou aos bombeiros que seguida pela rodovia e de repente o carro surgiu à sua frente na contramão de direção. Ele alega não teve como evitar a batida.

Loreno apresentava corte no braço esquerdo e na perna direita. O caminhoneiro foi encaminhado para atendimento médico no Hospital Regional de Valadares, onde foi atendido e liberado.

A Polícia Rodoviária Federal registrou a ocorrência do acidente que provocou o fechamento da BR-381 até as 2h da madrugada desta quinta-feira. Somente depois da retirada dos veículos acidentados e a limpeza da pista da rodovia, diante dos destroços que se espalharam pelo local, é que o trânsito voltou ao normal. A perícia da Polícia Civil terá cerca de 30 dias para emitir um laudo sobre o caso.

Discussão e ameaças antes do acidente

As primeiras informações apuradas pelos bombeiros dão conta que o carro teria colidido frontalmente contra a carreta, por motivos ainda não esclarecidos oficialmente. Contudo, o Diário do Aço apurou que, cerca de uma hora antes da colisão, Josiano teve uma discussão com a companheira dele, uma mulher de 37 anos, no bairro São Tarcísio, em Valadares.

Após ameaçar e segurar a mulher pelo pescoço, Josiano teria quebrado o telefone celular da companheira para se apossar do chip da operadora de telefonia. Em seguida, depois da discussão, o homem fugiu no Gol de cor prata.

Durante o rastreamento para localizar o agressor, a Polícia Militar foi informada sobre o acidente ocorrido na BR-381. Ao verificar o fato, descobriu-se que o carro era de Josiano. Além dele, estava no veículo a enteada, a adolescente Yasmim. Uma bicicleta, que era transportada no veículo, também ficou danificada.




Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Bom

04 de junho, 2021 | 18:14

“esse covarde deve ter enganado a menina e a matou .
Muita covardia meu Deus, a moça não devia ter nada há ver com o caso. Pra provocar a mãe o monstro do mau fez isso.
Esse país está muito desorientado......”

Envie seu Comentário