02 de junho, de 2021 | 17:52

Homem encontrado sem vida no Parque Ipanema teve morte natural

Arquivo DA
O corpo de Gilberto foi identificado no IML de Ipatinga; sem sinais de violência O corpo de Gilberto foi identificado no IML de Ipatinga; sem sinais de violência

Identificado no Instituto Médico-Legal (IML) de Ipatinga o corpo de um homem encontrado morto no Parque Ipanema. O corpo de Gilberto Campos, de 61 anos, estava caído em uma pequena mata, existente entre o campo de futebol do Novo Cruzeiro e o kartódromo Emerson Fittipaldi. A localização se deu no fim da manhã de terça-feira (1º).

O caso foi descoberto por uma pessoa, que ao estacionar o seu carro nas proximidades, deparou-se com o corpo de Gilberto. Esta testemunha se aproximou e notou que o indivíduo estava sem sinais e fez sinal para uma viatura da PM que passava pela avenida Roberto Burle Marx.

Os policiais acionaram o SAMU e os profissionais confirmaram que o homem estava morto. Ele estava apenas com um cartão bancário no bolso, o que dificultou a identificação. Somente depois da ida dos policiais à Unidade de Pronto Atendimento é que conseguiram o endereço e os dados pessoais de Gilberto.

A equipe da PM foi até à avenida Macapá, no conhecido edifício “Balança-mas-não-cai” e se confirmou que havia no sétimo andar um morador com aquele nome. Ele havia saído na parte da manhã, mas não havia retornado. Por meio de fotos, as pessoas confirmaram que era o Gilberto que foi encontrado morto.

O corpo dele foi removido ao IML pela funerária Nova Aliança e realizado o exame de necropsia, quando ficou constatada morte natural, sem sinais de violência, conforme apurou a reportagem do Diário do Aço. Familiares estiveram no IML, na manhã desta quarta-feira (2) e realizaram a identificação oficial de Gilberto.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário