16 de maio, de 2021 | 18:00

Parentes, amigos e apoiadores se despedem de Bruno Covas

Camila Maciel - Repórter da Agência Brasil
O corpo do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, seguiu em cortejo pelas ruas do centro da capital paulista após ter sido velado, neste domingo (16), na sede da prefeitura, no Viaduto do Chá.

Parentes seguiram de carro o caminhão do corpo de bombeiros e apoiadores e simpatizantes acompanharam a passagem pelas vias da cidade. Um grupo maior ficou concentrado na Avenida Paulista.

Covas morreu às 8h20 deste domingo (16), aos 41 anos, em decorrência do câncer da transição esôfago-gástrica e de complicações do tratamento. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês. O vice-prefeito Ricardo Nunes assume definitivamente o cargo.

O velório, na sede da prefeitura, foi restrito a familiares e a um grupo pequeno de amigos. A missa de corpo presente foi celebrada pelo padre Rosalvino, da Obra Social Dom Bosco. A cerimônia, no hall monumental do prédio, foi acompanhada por Ricardo Nunes e pelo governador João Doria.

O enterro será no Cemitério do Paquetá, em Santos, cidade natal de Covas. Lá também está sepultado Mário Covas, ex-governador do estado e avô de Bruno, morto em decorrência de um câncer.

Rovena Rosa/Agência Brasil
Sepultamento do corpo de Bruno Covas ocorreu na tarde de domingo (16)Sepultamento do corpo de Bruno Covas ocorreu na tarde de domingo (16)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário