13 de maio, de 2021 | 09:55

Mochila com barras de maconha é apreendida no Iguaçu, em Ipatinga

Divulgação Polícia Militar
As barras de maconha e outras porções apreendidas com os três jovens suspeitosAs barras de maconha e outras porções apreendidas com os três jovens suspeitos

Várias barras de maconha foram apreendidas em uma casa onde estavam três pessoas, na rua Citrina, bairro Iguaçu, em Ipatinga, depois de denúncias indicando a movimentação de pessoas envolvidas com entorpecentes.

Os policiais militares patrulhavam a região do bairro Iguaçu, na noite de quarta-feira (12), em uma área onde havia denúncias de pessoas envolvidas com o tráfico de drogas. Uma equipe viu dois suspeitos correndo para o interior de uma casa após trancar o portão da residência, impossibilitando qualquer abordagem naquele momento, aos dois indivíduos.

A equipe passou pelo local e fingiu que não avistou os suspeitos. Os PMs pararam em um terreno próximo e passaram a monitorar o local. Pouco depois chegou um entregador de lanches e foi até a casa para fazer alguma entrega.

Assim que um indivíduo saiu para pegar o lanche ele foi abordado pelos policiais militares. Tratava-se de A.G.C.B., de 19 anos. Neste momento, dois suspeitos que desciam a escada de um terraço saíram correndo. Eram F.H.S.A., de 22 anos, e W.F.C.B., de 25 anos, que também foram abordados de surpresa pelos policiais.

W.F. alegou que fugiu por estar portando apenas uma porção de maconha para uso próprio e a entregou aos PMs. Diante do flagrante, os policiais passaram a revistar o imóvel. Uma outra porção da droga foi achada dentro de um calçado na varanda da casa e uma terceira debaixo de um colchão.

Os policiais foram para o terraço e lá recolheram uma mochila jogada sobre o telhado do vizinho. Estavam na bolsa, quatro barras, dois tabletes e três porções de maconha, totalizando cerca de 3,5 quilos da droga. Possivelmente, W. e F. podem ter escondido a mochila ao notar que havia policiais na área.

Neste momento, a esposa de F.H. apontou o dedo para o companheiro e disse “eu avisei que isso iria acontecer, estava demorando”. Apesar do achado, os três jovens presos negaram a propriedade dos produtos ilícitos encontrados. W.F. e A.G. assumiram somente a posse das porções menores, para o uso.

Enquanto a ocorrência era confeccionada no Posto de Reds (Boletim de Ocorrência), os policiais escutaram os três presos discutirem entre eles. A.G. estava revoltado com os outros dois colegas por não avisarem sobre a PM na rua no momento em que eles foram para o terraço. Ele disse que se soubesse, não iria abrir o portão para o entregador de lanches. O trio foi apresentado ao plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga com o material ilícito apreendido.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário