04 de maio, de 2021 | 17:56

Fabriciano reorganiza serviço de acolhimento institucional de crianças e adolescentes

A Prefeitura de Coronel Fabriciano por meio da Secretaria de Governança Social deu início à reorganização do Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes do município. Uma nova prestadora do serviço foi habilitada por meio de chamamento público e já assinou contrato. Trata-se da ADRA - A Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais, que iniciará as atividades no dia 1º de agosto. Anteriormente o serviço era prestado pela FUNCELFA.

O novo credenciamento foi aberto a todos interessados e o principal critério foi escolher a entidade mais preparada para assumir o acolhimento em dois locais distintos, com capacidade para 20 acolhidos em cada. Dessa forma, Coronel Fabriciano terá a partir de agora duas casas de acolhimento, com um modelo mais próximo possível do residencial. No edital, está prevista a formação continuada dos profissionais, como plano de redução de danos para os acolhidos.

A Secretária de Governança Social, Letícia Godinho, informa que a “divisão dos atendidos em dois locais distintos visa dar individualidade aos acolhidos, garantindo-lhes todos os direitos previstos, como alimentação de qualidade, convivência familiar e comunitária e autonomia”. “Para nós, a atenção com as entidades de alta complexidade é fundamental, assim como foi reorganizado o serviço de acolhimento para idosos, agora a prioridade é garantir mais qualidade para crianças e adolescentes”, completa Letícia Godinho.

Todo o processo de reorganização está sendo monitorado por uma Comissão de Transição composta por servidores efetivos, Conselho Municipal de Assistência Social e o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente.

Processo seletivo

Sob autorização da Secretaria de Governança de Assistência Social, a ADRA lançou nesta semana processo seletivo para contratação dos profissionais necessários para a prestação dos serviços. São vagas para profissionais de nível superior e nível técnico:

Coordenador (Nível superior – 1 vaga)

Salário: R$3.080,00


Assistente social (Nível superior – 2 vagas)

Salário: R$2.200,00

Turno: 30 horas semanais


Psicólogo (Nível superior – 3 vagas)

Salário: R$2.200,00

Turno: 30 horas semanais


Cuidador Social (Nível médio – 4 vagas)

Salário: R$1.200,00

Turno: 12h X 36h


Cozinheira (Nível fundamental)

Salário: R$1.200,00

Turno: 12h X 36h


Auxiliar de serviços gerais (Nível fundamental)

Salário: R$1.183,00

Turno: 12h X 36h
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário