29 de abril, de 2021 | 09:30

Com pensamento otimista, prefeito exalta 57 anos de Ipatinga e destaca foco na população

Divulgação
Gustavo Nunes está à frente da principal cidade da região Gustavo Nunes está à frente da principal cidade da região

Ipatinga celebra nesta quinta-feira (29) os 57 anos de sua emancipação político-administrativa, formalizada no dia 29 de abril de 1964. A cidade é sede de grandes empresas e é conhecida por sua vocação industrial, principalmente por causa da Usiminas. A atual gestão, que tem como máxima “Ipatinga, Cidade do Futuro”, assegura que o trabalho tem sido voltado para a melhoria da qualidade de vida da população. O prefeito Gustavo Nunes (PSL) concedeu entrevista ao Diário do Aço sobre esta data e falou da atenção dispensada para superação do momento adverso.

Segundo o prefeito, neste momento delicado em que vive a saúde pública, a prioridade tem sido garantir que a população tenha saúde para viver o amanhã. Para isso, sua gestão tem focado em investimentos na reestruturação do sistema de saúde, com diversas ações imediatas. “Mas que - embora sejam para atender a pandemia de forma provisória, pois esperamos que esta turbulência termine logo - ficarão à disposição do município como um fortalecimento do sistema para atendimento do cidadão. Da mesma forma, estamos trabalhando para fortalecer o comércio que tanto tem sofrido com a pandemia, desenvolvendo políticas públicas de incentivo aos empreendedores e empresários locais, bem como aos que queiram investir no nosso município”, pontua.

Cultura, esporte e lazer

Outras ações a médio prazo são voltadas para a Cultura, Esporte e Lazer com a implantação do Centro Cultural Municipal, da criação do projeto de lei de Incentivo ao Esporte, e incentivo ao Turismo Rural, “que trará novidades em breve”. “A longo prazo, nossa equipe tem estruturado projetos que marcarão nossa cidade positivamente”, assegura o prefeito.

Projetos estruturantes e estruturais

Questionado sobre os projetos em curso, Nunes pondera que infelizmente encontrou uma prefeitura afundada em dívidas. “E como é sabido, perante à legalidade, tudo que fazemos deve ser previsto na Lei Orçamentária Anual. Então, não temos muito o que fazer este ano, pois o prefeito anterior não previu. Ainda assim, dentro das possibilidades, estamos organizando a casa, sanando problemas e pendências deixadas como um ‘presente de grego’. Mas de estrutura física, estamos melhorando as ruas, entregando os muros de arrimo, iniciando o Regularização Fundiária e Melhoria Habitacional, criando o Centro Cultural Municipal, entregamos a obra do Centro de Atendimento à Covid, o Hospital de Campanha, e se tudo der certo, iniciaremos a reforma da sede da prefeitura”, adianta.

Destaque nacional

Ipatinga já ostentou números positivos até mesmo no cenário nacional, fruto de uma economia pujante, o que não tem sido uma realidade ao longo dos últimos anos. Sobre o que fazer para que a cidade retome esse destaque, o prefeito pontua que o primeiro passo é rever toda estrutura de políticas públicas, acabar com todo tipo de corrupção e desvios, contratos irregulares e uso indevido do dinheiro público. “Desenvolver trabalhos intensos nas áreas da educação, saúde, esporte, cultura, turismo e desenvolvimento econômico, e claro, investir nas pessoas. Acredito que este é o caminho para voltarmos a ser referência nacional”, anseia.

57 anos

Nesta data, Gustavo Nunes entende que Ipatinga tem muitos motivos para comemorar, mas muitos outros para lutar. “Entre algumas situações, podemos comemorar as melhorias na saúde, mas sem perder o foco na luta pela garantia de sobrevivência da nossa gente nessa pandemia, e digo isso com relação à saúde física, mental e financeira. Podemos comemorar as mudanças já visíveis no município em prol da comunidade, do funcionalismo público, mas sem desistir da luta constante para fazer mais e proporcionar mais qualidade de vida para as pessoas. Diz o ditado que a fé move montanhas, e eu costumo dizer que o trabalho digno e proatividade nos ajuda a construir o mundo”, reflete.

Mensagem

Em seu primeiro aniversário de Ipatinga como prefeito, Gustavo lamenta que, por razões de saúde pública, não será possível ter abraços e um grande evento. “Mas quero dizer aos nossos cidadãos que o maior presente é termos saúde física, mental, espiritual e econômica, e é isto que buscarei incansavelmente oferecer à nossa cidade, porque para mim, Ipatinga é a cidade do futuro. E meu compromisso com o município é fazê-lo crescer, prosperar e acolher nosso povo com dignidade. Hoje, mais do que nunca, parabenizo nossa cidade, nossa gente, por toda história construída, e por tudo que ainda viveremos para transformar Ipatinga em uma referência nacional”, conclui.

Tiago Araújo
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Marcos

29 de abril, 2021 | 14:17

“O Sr prefeito Gustavo Nunes,o destaque da educação fica para escolas particulares,pois a do município vai ser o segundo ano perdido,se continuar fechadas,sem aulas presenciais.”

Gildázio Garcia Vitor

29 de abril, 2021 | 11:49

“Ipatinga já foi referência Nacional em Educação pública, saúde bucal e construção de casas populares pelo sistema de mutirão. Portanto, não é muito difícil voltar a ser destaque positivo e referência em alguns setores, principalmente naqueles que atendem aos mais carentes. O grupo dos privilegiados já tem dois importantes destaques nacionais com o HMC, na saúde, e com o colégio e pré-vestibular Fibonacci (ex-Elite), na educação. A Usiminas é, para mim, um destaque Transnacional (isso existe?).”

Guima

29 de abril, 2021 | 09:38

“? aniversário de nossa cidade a prefeitura pisou na bola. Não vi nenhuma homenagem por parte do poder público.”

Envie seu Comentário