28 de abril, de 2021 | 14:50

Em Fabriciano, 60% dos alunos da rede municipal voltaram às escolas

Divulgação
Distanciamento social e uso de máscara são alguns dos protocolos que devem ser seguidosDistanciamento social e uso de máscara são alguns dos protocolos que devem ser seguidos

Depois de sair da Onda Roxa para a Onda Amarela, conforme os critérios do governo estadual, Coronel Fabriciano autorizou a volta das aulas presenciais em sistema de rodízio nessa segunda-feira (26). Parte dos alunos frequenta a escola na segunda, quarta e sexta-feira e outra, na terça e quinta-feira. Na semana seguinte inverte a ordem.

O prefeito, Marcos Vinicius Bizarro (PSDB), disse que determinou o retorno das aulas presenciais porque entende que o vírus veio para ficar e não deseja que o município fique refém da doença. “É preciso avançar. É importante para o município e é importante para os alunos. Garantimos segurança nas normas sanitárias. O que não pode mais é deixar nossas crianças ficarem prejudicadas. Vamos lutar cada dia para aprimorar as políticas de saúde para que os alunos possam se desenvolver”, disse Marcos.

Segundo balanço parcial da Secretaria de Governança Educacional, cerca de 60% dos alunos retornaram. A expectativa é de um aumento gradual no volume de estudantes dentro das salas de aula nos próximos dias. O secretário de Governança Educacional, Carlos Alberto Serra Negra, ressalta que muitos pais ainda não se organizaram para a retomada das aulas e fez uma convocação.

“Não temos dúvidas de que a presença dos alunos vai aumentar dia a dia. Agora não temos mais volta. Precisamos estudar e concluir o ano letivo com segurança e sem perder o fio da meada”, disse.

Além do aparato preventivo nas escolas e dos protocolos sanitários, a Secretaria mandou dedetizar todas as unidades educacionais. Todas as escolas emitiram comunicados para os pais de boas-vindas e prepararam um material educativo.

“As escolas são um ambiente seguro. Os pais podem ficar tranquilos e enviar os filhos. Semana que vem vamos entregar os uniformes e novas máscaras para todos os alunos”, concluiu Serra Negra.

Com a entrega das novas máscaras, cada estudante que possuía duas máscaras passa a ter quatro. Coronel Fabriciano possui cerca de nove mil alunos matriculados na rede municipal, incluindo os estudantes da EJA – Educação de Jovens e Adultos.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário