28 de abril, de 2021 | 09:00

Exigência do CRLV 2020 é prorrogada para julho após decisão do governo

Arquivo DA
Para fins de fiscalização, o CRLV 2019 deve ser considerado como documento válido para comprovar a regularidade do veículo Para fins de fiscalização, o CRLV 2019 deve ser considerado como documento válido para comprovar a regularidade do veículo

A exigência do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) de 2020 foi prorrogada para o dia 1º de julho. Essa decisão do governo de Minas Gerais tem como intuito amenizar os impactos causados pela pandemia de covid-19 à população.

Por meio das mídias sociais, o governador Romeu Zema (Novo) anunciou essa decisão de prorrogar a exigência do CRLV. “Está decidido. Só passará a ser cobrada dos motoristas a apresentação do CRLV 2020 a partir de 1º de julho. É o nosso governo presente com mais uma importante medida para auxiliar as pessoas nesse momento de pandemia”, afirmou Zema.

No ano passado, a apresentação do CRLV 2020 chegou a ser suspensa em julho devido à pandemia de covid-19, e voltou a ser exigida apenas em fevereiro deste ano.

Fiscalização

Atualmente, para fins de fiscalização, o CRLV referente ao ano de 2019 deve ser considerado como documento válido para comprovar a regularidade do veículo em circulação. O documento poderá ser apresentado em papel comum ou no formato digital disponível no aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT). O porte do CRLV poderá ser dispensado, caso o agente possa consultar o sistema do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) para verificar se o veículo está licenciado.

Legislação

A medida está de acordo com a legislação federal e estadual, que autoriza a extensão dos prazos de exigência do documento. Tal norma está na Portaria 398, de 23 de abril de 2021, expedida pelo Detran-MG. Os proprietários de veículos que ainda não possuem o CRLV de 2019 ou 2020 podem acessar o site www.detran.mg.gov.br para verificar se há débitos do IPVA, seguro obrigatório, Taxa de Renovação do Licenciamento Anual do Veículo e eventuais multas.

IPVA 2021

Os prazos para pagamento do IPVA e Taxa de Licenciamentos referentes ao ano de 2021, dos veículos registrados em Minas Gerais, já terminaram. De acordo com a Secretaria de Fazenda do Estado (SEF/MG), a terceira parcela do IPVA venceu em 24 de março, conforme o número final das placas dos veículos, e a taxa de licenciamento venceu no dia 31 de março. Portanto, apesar da prorrogação do prazo para a exigência do CRLV 2020, os proprietários de veículos devem ficar atentos às pendências que resultam em multas por atraso e juros, além de inscrição em dívida ativa e protesto cartorial.

Mais de 102 mil inadimplentes

Conforme os dados da Administração Fazendária (AF) de Ipatinga, 102.893 veículos estão omissos com o IPVA na Região Metropolitana do Vale do Aço. O balanço é referente ao mês de março deste ano. Em Ipatinga são 60.507 veículos omissos, 19.793 em Coronel Fabriciano, 18.189 em Timóteo e 4.404 em Santana do Paraíso. Já a frota de veículos no Vale do Aço é de 236.023, dos quais, 139.455 de Ipatinga, 45.288 de Coronel Fabriciano, 41.138 de Timóteo e 10.142 de Santana do Paraíso.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Jorge

28 de abril, 2021 | 14:41

“O governador de mg, cadê o documento impresso 2021 que pagamos por ele.”

Envie seu Comentário