26 de abril, de 2021 | 16:24

Nova remessa de vacina contra a covid-19 será distribuída nesta terça-feira (27) no Vale do Aço

Divulgação/SES
Ao todo são 15.300 doses para a macrorregião do Vale do AçoAo todo são 15.300 doses para a macrorregião do Vale do Aço

A Superintendência Regional de Saúde (SRS), em Coronel Fabriciano, recebeu, nesta segunda-feira (26), a 13ª remessa de vacinas contra a covid-19, que serão distribuídas para os 35 municípios da macrorregião do Vale do Aço nesta terça-feira (27). Ao todo são 15.300 doses, das quais, 12.500 da AstraZeneca e 2.800 doses da CoronaVac.

Conforme a SRS, os imunizantes da AstraZeneca serão para aplicação da primeira dose na população do Vale do Aço e os da CoronaVac serão utilizados para segunda dose.

Mais de 390 mil doses

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) distribuiu, nesta segunda-feira, 390.550 doses de vacinas para as Unidades Regionais de Saúde (URSs) do estado. Os imunizantes compõem a nova remessa do Programa Nacional de Imunizações (PNI) para Operacionalização de Vacinação Contra a Covid-19 e darão continuidade à maior operação de vacinação da história de Minas Gerais.

Parceria

Desta vez, a operação logística, que já conta com apoio das Forças de Segurança e Salvamento, disponibilizando as aeronaves do Batalhão de Operações Aéreas (BOA), do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), e efetivo terrestre da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e da Polícia Civil (PCMG) para escolta dos insumos, está fortalecida com a parceria feita com a Azul Linhas Aéreas, que transportará vacinas para as Unidades Regionais de Saúde de Montes Claros, Uberaba e Uberlândia.

Públicos prioritários

A nova remessa tem 316.750 doses da AstraZeneca e 73.800 da CoronaVac. De acordo com as diretrizes do Programa Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde, os imunizantes desta remessa serão utilizados na vacinação da dose 1 para pessoas de 60 a 64 anos, e na dose 2 da população de 65 a 69 anos e das Forças de Segurança e Salvamento. “É importante que os municípios observem a orientação feita pela Secretaria, a partir dos informes técnicos emitidos pelo Ministério da Saúde, de que todas as doses entregues devem dar continuidade às campanhas de vacinação observando a cobertura dos públicos prioritários”, explica a coordenadora de Imunização da SES-MG, Josianne Gusmão.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Flávia Gravina Martins

26 de abril, 2021 | 17:07

“tudo certo boas notícias até o final da vacinação ano que vem”

Envie seu Comentário