26 de abril, de 2021 | 14:57

Morre o pioneiro Elias Corrêa de Oliveira

Eu Amo Ipatinga

Faleceu na manhã desta segunda-feira (26) o pioneiro de Ipatinga Elias Corrêa de Oliveira, de 86 anos, vítima da covid-19. Ele esteve internado no Hospital Márcio Cunha por 20 dias, inicialmente para o tratamento de infecção urinária e testou positivo para o vírus posteriormente. O sepultamento ocorrerá às 17h30 desta segunda-feira, no cemitério Parque Senhora da Paz.

Conforme informação de um dos filhos, Carlos Magno, Elias passou pelo tratamento de infecção urinária por 14 dias e ficou mais tempo no hospital em razão da covid-19. O pioneiro era viúvo e deixa seis filhos.

Origem
Dados do site “Eu amo Ipatinga” apontam que Elias mudou-se para a cidade no ano de 1961 e instalou a Padaria Ipatinga, a primeira no Centro da cidade. Foi também um dos fundadores de “O Ipatinga”, primeiro jornal periódico do então distrito, que circulou no ano de 1963 com objetivo de mostrar o potencial do lugarejo com vistas à emancipação.

Elias nasceu na cidade mineira de Coroaci, no dia 6 de junho de 1934. Foi casado com Iracema Coelho Xavier de Oliveira (que faleceu no ano de 2017), com quem teve os filhos Carlos Magno, Marcos Vinicius, Junia Elisa, Leila Maria, Júlio César e Elias Júnior.

Membro da Sociedade de Amigos de Ipatinga, lutou pela emancipação do município, participando ativamente do movimento. Ocupou o cargo de vereador de Ipatinga no período de 1965 a 1967, um mandato-tampão, pelo Partido Social Democrático (PSD). Foi secretário de Administração da Prefeitura de Ipatinga no período de 1976 a 1982, governo de João Lamego Netto, época em que Elias era filiado ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB).
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário