07 de abril, de 2021 | 11:40

Governo destaca que imunização contra a covid em Ipatinga está acima das médias nacional e estadual

Divulgação
Conforme divulgado pela administração ipatinguense, foram alcançados com doses dos imunizantes contra a covid 10,9% dos munícipesConforme divulgado pela administração ipatinguense, foram alcançados com doses dos imunizantes contra a covid 10,9% dos munícipes

A intensificação e diversificação das estratégias de vacinação contra a covid-19 pelo governo municipal de Ipatinga, nos últimos dias, produziu efeitos positivos, como mostram as mais recentes estatísticas apuradas pelas autoridades de saúde locais. A cidade mantém, neste momento, um nível de imunização acima das médias alcançadas no Estado e no país, informa o governo local. Conforme os números apurados, foram alcançados com doses dos imunizantes 10,9% dos munícipes. A média nacional de aplicação de doses de vacinas, em relação à população total do país, é de 8,8% e, em Minas Gerais, o contingente alcançado é de 8,16%.

Em todo o país, apenas três dos 27 Estados possuem média de vacinação igual ou superior à cidade de Ipatinga, proporcionalmente à população: Bahia (11,62%), Mato Grosso do Sul (12,48%) e Rio Grande do Sul (11,06%). Em relação ao desempenho de Minas Gerais, dez estados têm índice de vacinação menor e outros 16 estão acima da média, detalhou o governo ipatinguense.

Até o momento, o município de Ipatinga computa 30.088 doses de vacinas aplicadas, sendo 24.509 pessoas alcançadas com a primeira dose e um total de 5.579 com a segunda.

No período do dia 31 de março a 1º de abril, várias Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) de Ipatinga tiveram seus horários de atendimento ampliados para a vacinação contra a covid-19 das 16h até às 21h. As unidades do Bom Retiro, Cidade Nobre, Canaã, Iguaçu, Vila Militar, Veneza, Esperança, Bethânia e Vila Celeste tiveram suas escalas ampliadas, de acordo com a demanda de vacinação, visando imunizar o maior número de idosos em menor período de tempo.

Agendamentos
Os avisos sobre horários de agendamento das vacinas continuam sendo realizados por telefone e presencialmente, pelos agentes de saúde. Para evitar filas, recomenda-se respeitar rigorosamente o horário e o dia agendado. Nos casos em que as pessoas não tenham condições de comparecer, elas devem entrar em contato com a UBS em que estão cadastradas para realizar novo agendamento.

Dedicação
O governo ipatinguense atribui o resultado positivo da campanha de vacinação contra a covid-19, sobretudo, ao empenho e dedicação das equipes envolvidas no trabalho. “Todos, sem exceção, estão dando tudo de si para proteger a população. É preciso enaltecer esses profissionais e reconhecer seus sacrifícios em favor da coletividade, que são determinantes para que obtenhamos este padrão de agilidade e eficiência na condução da aplicação das vacinas, à medida que as doses são enviadas por parte do Governo Estadual via Superintendência Regional de Saúde”, comenta Cléber de Faria, secretário municipal de Saúde.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Alexandre

07 de abril, 2021 | 17:31

“Pra que mentir ? A matemática é lógica e com os próprios dados que apresentam na matéria jornalística desmente a informação dos números. Segundo o IBGE, Ipatinga tem aproximadamente 265.000 Hab. e a PMI relatou que foram aplicadas 24.504 vacinas da primeira dose e 5.579 da segunda. Portanto temos que considerar somente 24.504 pessoas que foram vacinadas e o percentual das 24.504 pessoas do total de 265.000 pessoas da população do município, são de aproximadamente 9,24 % e não os 10,9 % apurados na informação dada pela PMI.”

Charles

07 de abril, 2021 | 13:30

“A minha pergunta é a seguinte: quando que vai começar a vacinação de pessoas com idade de 64 anos, e portadores de doenças respiratorias cronicas como a asma. Minh mãe tem 64 anos, possui asma, e não adiantou nada eu ir na unidade de saude perguntar pessoalmente, pois em lugar nenhum ninguem soube responder a pergunta.”

Envie seu Comentário