26 de março, de 2021 | 12:33

Em cena, as peripécias do Super Quixote

Espetáculo infantil encerra 20ª edição do Oficinas Culturais – Trocas Coletivas

O projeto Oficinas Culturais – Trocas Coletivas encerra a 20ª edição com o espetáculo infantil “As Aventuras do Super Quixote”, no seu canal no YouTube. A partir de domingo (28), às 17h, a criançada e os apreciadores de um bom espetáculo de teatro vão poder se divertir com as aventuras do Dom Alonso Quixano e seu fiel escudeiro, Sancho Pança.

A peça é uma montagem do Coletivo Aberto de Teatro, de Ipatinga. Dirigido por Bárbara Pavione, com dramaturgia de Léo Coessens, ambos integrantes do elenco, o espetáculo é inspirado na obra de Miguel de Cervantes e conta a história de Dom Alonso Quixano.

Rodrigo Zeferino/Divulgação/ACS OCTC
As peripécias de Dom Quixote sempre encantam adultos e criançasAs peripécias de Dom Quixote sempre encantam adultos e crianças
De tanto ler histórias de cavalaria em quadrinhos, ele pensou ter superpoderes e saiu pelo mundo em busca de aventuras. Ao lado de Sancho Pança, seu fiel escudeiro, Quixote enfrenta gigantes, ladrões e dragões para fazer justiça e impressionar a sua amada, Dulcinéia. Camile Gracian e Gustavo Nascimento completam o elenco dessa divertida aventura.

Oficinas 20 anos
Os 20 anos do projeto Oficinas Culturais – Trocas Coletivas começaram a ser comemorados em setembro de 2020. A programação ofereceu vídeo aulas, contação de histórias, bate-papo com personalidades artísticas da área das artes cênicas e apresentação do espetáculo que encerra esta edição.

Em função da pandemia o projeto foi adaptado e realizou as atividades de forma virtual, em comum acordo com os patrocinadores e a Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais. Para alcançar o maior número possível de pessoas, criou canais digitais, no Instagram, YouTube e Facebook, para disponibilizar o conteúdo gerado.

Trocas Coletivas
A primeira fase do projeto teve participação de artistas locais em três oficinas: Pedro Barroso (Iniciação Teatral), Douglas Evangelista (Danças Urbanas) e Rômulo Amaral (Maquiagem). Em cinco módulos, as oficinas movimentaram a cena cultural da região em setembro e outubro de 2020. E teve ainda uma contação de histórias com o DaMa Espaço Cultural.

Divulgação/ACS OCTC
Na telinha, Bia Lessa, fora, o agente cultural Claudinei de SouzaNa telinha, Bia Lessa, fora, o agente cultural Claudinei de Souza
Na segunda fase, nomes expressivos das artes cênicas participaram de bate-papos importantes sobre a área de atuação de cada um e as dificuldades que o setor cultural enfrenta com a pandemia.

A escolha dos convidados foi feita de duas maneiras: três nomes foram indicados pela produção do projeto e os demais participantes por meio de uma curadoria compartilhada com artistas/grupos culturais da região.

Na curadoria compartilhada o projeto recebeu o ator e diretor Luiz Carlos Vasconcelos, indicado pelo também ator e diretor Pedro Barroso; a atriz Grace Passô, indicada por João Carlos e Diego Martins (Casa Laboratório); e a dama das sapatilhas Ana Botafogo, indicada por Salette Olguin e Associação Cultural Zélia Olguin, e o dramaturgo Raysner de Paula, indicado por Bárbara Pavione e Léo Coessens (Coletivo Aberto).

Da área técnica o projeto recebeu o iluminador Wladimir Medeiros, indicado por Morrison Deoli (Cênika Eventos). Os responsáveis pelas indicações participaram das lives, tornando o bate-papo ainda mais envolvente e empolgante.

A curadoria feita pela produção indicou a cineasta, diretora de teatro e ópera Bia Lessa; o ator, autor e diretor Michel Melamed e o dramaturgo, ator e diretor Márcio Abreu, que abordaram o tema “Arte, Teatro e Dramaturgia”.

Divulgação/ACS OCTC
Grace Passô foi indicada por João Carlos Cardoso e Diego MartinsGrace Passô foi indicada por João Carlos Cardoso e Diego Martins
O idealizador e diretor do Oficinas Culturais, Claudinei de Souza, destaca que um ponto positivo deste formato é que as ações ficam gravadas nos canais do projeto.

“Com isso, a pessoa que não pode assistir no momento teve condições de acessar posteriormente. Até o momento, houve quase seis mil visualizações das ações realizadas no Youtube. Esse conteúdo ficará disponível por tempo indeterminado, e teremos um número ainda maior”, avalia Claudinei.

O Oficinas Culturais – Trocas Coletivas 20 anos é viabilizado através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. O patrocínio é da Usiminas, Pedreira Um Valemix e Valemassa, com apoio do Instituto Usiminas e Fundação Vovô João Azevedo. A realização é de Claudinei de Souza, com produção de Marilda Lyra e Rodolfo Belo.

SERVIÇO:
Oficinas Culturais – Trocas Coletivas 20 anos
“As aventuras do Super Quixote”
Grupo Coletivo Aberto de Teatro (Ipatinga)
Domingo (28) – 17h
Canal do Oficinas Culturais Ipatinga no Youtube
Informações: (31) 98883-3142
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário