20 de fevereiro, de 2021 | 12:44

Mostra de Artes em Timóteo

Artista plástica Ângela Ataíde lança projeto Integrar

Em tempo de pandemia, a arte encontrou um novo espaço na vida das pessoas, que nela viram uma saída para a angústia causada pelo isolamento social. A arte mostra novas formas de ver e pensar a vida, por sua capacidade de alterar a realidade e proporcionar bem-estar físico e espiritual.

A artista plástica Ângela Ataíde afirma “que a linguagem da arte tem a força de interrogar padrões, provocar reflexões e levar à percepção e expressão de sentimentos, sensações, ideias. Contemplar obras de arte, bem como experimentar processos de criação artística, possibilita-nos criar poéticas singulares e sensíveis acerca da vida e do mundo”.

Divulgação
A artista plástica Ângela AtaídeA artista plástica Ângela Ataíde
Essa constatação levou a artista, embasada em mais de 30 anos de atividade artística no Vale do Aço, a elaborar o projeto “Integrar, Mostra de Artes”, contemplado pela lei Aldir Blanc de incentivo à cultura, através da Secretaria de Cultura do Estado de Minas Gerais, e que será implementado agora.

O projeto
O projeto terá atividades como cursos, exposição e produção de catálogo digital dos trabalhos criados pelos participantes e está dividido em quatro módulos: Imagens da Capoeira, Sentir e Expressar, Ateliê de Criatividade e Arte em Família.

Todos eles serão realizados com segurança e seguindo todos os cuidados preventivos em relação à covid-19, com a maior parte das atividades de forma virtual. O projeto começará na próxima semana, estendendo-se pelo mês de março.

Imagens da Capoeira, o primeiro módulo, tem como proposta a criação de painéis de sombra a partir dos movimentos dos capoeiristas, registrados por eles mesmos e depois elaborados em ateliê.

O objetivo da oficina é realizar a interação entre linguagem das artes plásticas e expressões de cultura afro-brasileiras, de maneira a contribuir com a diversidade cultural do município de Timóteo.

Sentir e Expressar vem em sequência, e tem como objetivo a criação e expressão de emoções e vivências em tempos de pandemia, captadas através de exercícios corporais e expressas em desenhos livres, poesias e textos por crianças de seis a 11 anos. Será realizado em ateliê com três grupos de cinco crianças cada um, com o distanciamento e os cuidados preconizados nas normas de prevenção à covid-19.

O Ateliê de Criatividade integra a atividade de contação de histórias com técnicas de criação e confecção de esculturas de arame e jornal. Terá duas turmas de cinco pessoas, respeitando rigorosamente as normas sanitárias de prevenção da covid-19. Adultos e adolescentes compõem o público-alvo.

O último módulo, Arte em Família, será uma oficina online para criação de mandalas por meio da técnica de dobras e recortes. Visa proporcionar momentos de relaxamento para fazer aflorar a intuição e a criatividade dos integrantes da família, que retratarão nas mandalas o momento pessoal de cada um. Desta atividade podem participar adultos e crianças.

As peças artísticas produzidas no projeto serão exibidas em plataformas e mídias digitais e constarão de um catálogo digital, além de integrar o projeto obras de artistas convidados e alunos da Casa de Arte e Filosofia Ângela Ataíde. Informações sobre o projeto estão disponíveis no Instagram @integrarmostradeartes.

Quem é:
Ângela Ataíde é artista plástica, educadora de artes e terapeuta holística. Atua há mais de 30 anos no ramo das artes.

Sobre ela, diz a contadora de histórias e mestra em psicologia Sonaly Torres: “Ângela é uma artista completa, modela, esculpe, desenha e pinta usando uma enorme diversidade de materiais. Vai da sucata à argila e limalha de bronze, do giz de cera ao óleo, com sensibilidade e criatividade”.

Ângela leva a sua arte para as camadas populares e crianças de rua, além de escolas, creches, empresas, instituições, onde houver interesse pela arte. Participou de inúmeras exposições na região, onde sua arte é reconhecida.

Divulgação
Monumento aos pioneiros de Timóteo, de Ângela AtaídeMonumento aos pioneiros de Timóteo, de Ângela Ataíde
Conquistou prêmios nacionais e internacionais, como a Medalha de Ouro em Escultura da Sociedade Brasileira de Belas Artes e menções honrosas do Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MASP) e Museu de Arte da Pampulha, em Belo Horizonte.

Já expôs em galerias de arte de Londres, Roma, Paris, Madrid, Atenas, Lisboa e Buenos Aires, além de ter peças no acervo da Embaixada Brasileira em Viena, na Áustria. Quatro alunos seus tiveram obras selecionadas para representar Timóteo no Circuito Internacional de Arte Brasileira em cidades europeias como Amsterdã (Holanda) e Budapeste (Hungria).

Ângela tem esculturas em espaços públicos de Timóteo, como o Monumento aos Pioneiros, na Praça 29 de Abril, uma homenagem aos pioneiros locais; Monumento ao Trabalho, no Centro de Economia Informal; e a estátua do escritor Carlos Drummond de Andrade sentado em um banco, em tamanho natural, colocada em frente à Biblioteca Pública.

Em João Monlevade, na Fundação Arcelor Mittal (ex-Belgo Mineira), há uma escultura de uma águia em inox, homenagem ao time das águias, referência aos funcionários da aciaria.

SERVIÇO:
“Integrar, Mostra de Artes”
Contato com a artista:
Instagram: @angelaataidearte, @integrarmostradeartes
E-mail: [email protected] - Whatsapp: (31) 98732-0453
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário