15 de fevereiro, de 2021 | 09:55

Adolescente é detido suspeito de assaltar casa de produtos para churrasco

Wellington Fred

Um adolescente de 16 anos foi apreendido no início da noite de domingo (14) suspeito de participação em um assalto a uma loja que vende produtos para churrasco, na avenida Minas Gerais, no bairro Industrial, em Santana do Paraíso. Ele e um outro indivíduo, já identificado pela polícia, teriam roubados cerca de R$ 3 mil do estabelecimento assaltado, além de joias das vítimas.

O casal de comerciantes relatou à Polícia Militar que se encontrava trabalhando no comércio. Por volta das 14h as vítimas foram rendidas por um rapaz que desembarcou da garupa de uma bicicleta conduzida pelo adolescente. Armado com um revólver calibre 32, o criminoso anunciou o assalto e mandou que o casal entregasse as joias. Ele pegou no caixa cerca de R$ 3 mil e fugiu a pé no sentido à rua França.

Uma testemunha correu atrás desta marginal, mas ele disparou um tiro de intimidação para deixar de ser seguido e conseguiu desaparecer em seguida. A Polícia Militar foi acionada logo depois do crime e realizou buscas para prender os autores.

Com informações de moradores, o adolescente foi identificado e localizado em sua casa. Ele negou ter participado do crime, mas afirmou que se encontrava nas proximidades do local assaltado. Ao notar o autor armado, o jovem afirmou que fugiu temendo ser também alvo do criminoso.

Apesar da alegação do jovem, ele foi conduzido para a delegacia de Polícia Civil. O outro suspeito de envolvimento no crime foi identificado e seria um foragido da Justiça que está morando há poucos dias no Industrial. As buscas continuam para prisão deste outro envolvido no assalto.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário