26 de janeiro, de 2021 | 10:59

Últimos dias de “Olha pra mim”

Mostra ocupa espaços do Instituto Usiminas e vários pontos de Ipatinga, e tem versão virtual

Divulgação/ACS IU
As imagens expostas no jardim frontal do Centro Cultural UsiminasAs imagens expostas no jardim frontal do Centro Cultural Usiminas
O universo de fotos em preto e branco, olhares de pessoas de Ipatinga e do mundo, criado pelo fotógrafo pernambucano Thiago Santos para a exposição “Olha pra mim”, poderá ser visitado até o próximo sábado (30).

Como medida de prevenção à Covid-19, os espaços do Instituto Usiminas estão fechados temporariamente. Mas o público ainda pode ver as fotos da mostra até o próximo sábado na área externa do Centro Cultural Usiminas, na fachada do Teatro Zélia Olguin, no Parque Ipanema, pontos de ônibus e espaços abertos que permitem interação com a comunidade.

Uma visita virtual à exposição “Olha pra mim”, com um vídeo gravado na Galeria do Centro Cultural Usiminas, também está disponível na plataforma educativa https://educativoinstituto.usiminas.com/.

Divulgação/ACS IU
Espaço do teatro Zélia Olguin, no Cariru, também abriga imagensEspaço do teatro Zélia Olguin, no Cariru, também abriga imagens
Ipatinga é a primeira cidade do interior do país a receber a exposição “Olha Pra Mim”, criada pelo artista a partir de um projeto realizado desde 2014 e que teve a primeira exibição em São Paulo.

Na mostra, Thiago Santos retrata reúne mais de 300 olhares captados na cidade com imagens do seu acervo. Em Ipatinga, o artista fotografou 80 pessoas, com a proposta de evidenciar a diversidade local, incentivando a sensação de identidade, propondo ao espectador perceber sua importância e a do outro.

A exposição é realizada pelo Instituto Usiminas e patrocinada pela empresa por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário