25 de janeiro, de 2021 | 12:32

Clarice Lispector inspira vídeos

Coletivo Aberto lança trilogia de curtas-metragens inspirada em textos de escritora

Já estão disponíveis no canal do Coletivo Aberto de Teatro no YouTube os três episódios de “3XCLARICE”, a série de curtas-metragens experimentais baseada em textos breves de Clarice Lispector.

A trilogia surgiu após vários trabalhos audiovisuais desenvolvidos por Barbara Pavione e Léo Coessens em 2020, buscando expandir diferentes linguagens, como é hábito nas criações do Coletivo para os palcos.

Agora os artistas transitam pelos territórios da vídeoarte, cinema e performance, passando pela linguagem dos videoclipes e ‘fashion films’, projeto realizado via Governo Federal (Lei Aldir Blanc), Prefeitura de Ipatinga e Fundo Municipal de Cultura.

Leo Coessens/Divulgação/ACS CAT
Barbara Pavione protagoniza trabalhos disponíveis ao público no YouTubeBarbara Pavione protagoniza trabalhos disponíveis ao público no YouTube
O trabalho é o terceiro encontro do coletivo com a obra da autora. Em maio passado foi lançado o média-metragem “A Quinta História”, baseado no conto homônimo, e em novembro houve a estreia de “RemixShake”, com trechos baseados no texto “Sou uma pergunta”.

Agora é a vez dos textos curtos, alguns tendo apenas um parágrafo, mas que em “3XCLARICE” se convertem em uma profusão de imagens e sons capazes de transportar para outras atmosferas e sensações, incluindo “Verão na Sala”, “Era uma vez” e “A Geleia Viva”.

Os episódios são reações subjetivas aos textos, apontam para diferentes leituras e vibram em várias frequências. Às vezes abrindo mão da palavra - que era tão cara à Clarice - e focando na experiência e imersão, a série é um convite ao indizível e ao mistério do existir, além de refletir sobre a solidão destes tempos de isolamento que enfrentamos.

Mas também é um olhar atento para as estruturas de condução de uma narrativa e a criação de uma ficção, temas recorrentes na obra de Clarice e também do Coletivo.

Para ver e ouvir
Essa é uma experiência para ver e ouvir, de preferência com o uso fones de ouvido, para que a trilha sonora criada por Junio Endrik seja percebida nos mínimos detalhes.

A música e o desenho de som são parte fundamental da dramaturgia, propondo nuances e sinestesias, deslocando tempo e espaços, ampliando a percepção dos que assistem. Este é o terceiro trabalho criado em parceria com o músico, parte de uma pesquisa contínua que investiga as relações entre cena e música, imagem e som.

“3XCLARICE” tem atuação, direção artística, figurino e coordenação de produção de Barbara Pavione. A direção geral, roteiro, montagem e fotografia são de Léo Coessens, com trilha sonora e desenho de som de Junio Endrik e produção executiva de Filipe Fernandes.

No canal do Coletivo também está disponível o vídeo “Emergencial”, parte do Projeto Tela Aberta. O trabalho, também realizado com recursos da Lei Aldir Blanc, é uma viagem pelo avesso das criações de 2020, propondo novos olhares e narrativas para o material já utilizado e incorporando imagens que ficaram fora das edições.

Um olhar poético para os bastidores dos trabalhos levantados em condições urgentes e emergenciais ao longo de um ano caoticamente atípico. O vídeo tem montagem e narração de Léo Coessens, produção de Barbara Pavione e texto assinado pela dupla.

Para assistir aos trabalhos, basta acessar o canal Coletivo Aberto de Teatro no YouTube onde todos os vídeos e filmes estão disponíveis gratuitamente. Também é possível inscrever-se no canal e ficar ligado nas novidades. Mais informações no @coletivoabertodeteatro (Instagram) e no facebook do Coletivo Aberto de Teatro.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário