12 de janeiro, de 2021 | 08:30

Falta de água ainda assombra moradores do bairro Cidade Nova

Bruna Lage
Fim de semana foi de desabastecimento para muitos; Copasa afirma que situação foi resolvidaFim de semana foi de desabastecimento para muitos; Copasa afirma que situação foi resolvida


O início de semana foi de caixas d’água vazias. A situação ocorreu em diversas residências do bairro Cidade Nova, em Santana do Paraíso, conforme denúncia enviada por moradores, indignados com a reincidência do desabastecimento. Em alguns locais, como na rua Mário de Andrade, os relatos são de interrupções do serviço diariamente.

No domingo (10), os vereadores Elton Pereira (PSD), Alessandro Fábio (Patriota) e Vagner Dias (MDB) estiveram na rua Carlos Chagas, onde está instalado o reservatório da Copasa naquele bairro. Eles anteciparam sua intenção de formalizar uma ação contra a companhia, de modo a obter uma solução. Por sua vez, o parlamentar Alexandre Coutinho (Avante) explicou que o imbróglio já tem projeto e solução, basta ser executado.

Alexandre destaca que a Copasa já sabe a solução para o problema e que um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) foi assinado em janeiro de 2019, entre Copasa e grupo Urbanize, seguindo um acordo do Ministério Público. “A Construdata tinha de fazer uma rede de esgotamento sanitário onde será o parque linear e a Copasa seria encarregada de fazer a melhoria do abastecimento de água no Cidade Nova. Mas como a companhia já estava fazendo a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), inverteram os termos, por meio de acordo: a Copasa vai fazer a parte do esgotamento e o grupo Landaeta vai fazer o abastecimento”, recordou.

Segundo o vereador, o TAC foi assinado em 2019, com prazo de 18 meses, já vencido no mês de julho do ano passado. “Solicitei à Copasa a cópia desse contrato renovado, mas não me entregaram. O superintendente Albino Júnior Batista Campos me disse, na semana passada, que ainda não foi assinado. Existe a solução, o dinheiro também, assim como o projeto e eles não fazem”, afirmou.

Coutinho disse ter solicitado uma reunião entre Copasa, Urbanize e prefeitura, para esta semana. “A intenção é cobrar o início das obras, porque não tem mais o que fazer. Quando ocorre um vazamento de grande proporção, demora aproximadamente duas semanas para normalizar, porque a água começa a voltar com muita pressão e estoura os canos e a Copasa começa a fazer manobras, libera água para a avenida e fecha pra subir, depois fecha outro lado e assim vai. Toda vez é isso, fora os outros vazamentos que acontecem nesse período”, salientou.
Quando os vereadores protocolarem o requerimento, passará por votação, o que pode ocorrer já na próxima reunião ordinária, marcada para a próxima segunda-feira (18), às 15h.

Copasa
Procurada, a Copasa informou que o abastecimento do bairro Cidade Nova, em Santana do Paraíso, encontrava-se normalizado nesta segunda-feira (11). “A companhia esclarece que as paralisações no sistema de abastecimento de água são decorrentes de manutenções emergenciais em sua rede de distribuição”, resumiu.

Recorrente
A situação de falta d’água no bairro tem sido noticiada pelo Diário do Aço ao longo dos últimos anos. Com a chegada do verão, os relatos são de que o problema piora. Por meio de mídias sociais, as reclamações de desabastecimento chamaram a atenção nos últimos dias, quando usuários indignados não conseguiriam tomar banho, o que aumentou a revolta com a Copasa.

Leia também:

Município obtém ordem judicial para que Copasa resolva problema de falta de água
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Ronilson Dias Pereira

12 de janeiro, 2021 | 21:03

“A Cemig todas vezes que tem um serviço de manutenção na rede ela por sua vez avisa os consumidor por e-mail e usa as redes sociais, canais de comunicação, bom sabemos que a Copasa tem os mesmos
consumidores e simplesmente desrespeita a polução. Agora já pensou se a Copasa for avisar os consumidores que iria faltar água? Não iria dar conta de fazer o que seria o correto e direito do consumidor.”

Bolsonarosincero

12 de janeiro, 2021 | 18:19

“Os moradores desse bairro NÃO sabem que no CERESP de Ipatinga jorra água noite e dia por desperdício dos presos no uso sem controle e falha técnica da caixa d'água, que enche e não tem boia de controle. Bandidos tem mais valor! Partiu manifestar moradores! Já chega de desperdício.”

Geraldo ângelo Campos Coelho

12 de janeiro, 2021 | 17:47

“Moro no Cidade Nova dês de 2009.
Com muita dificuldade para construir a casa, não por falta de dinheiro e material, mas, por faltar água. Os colaboradores ganhavan o dia sem produzir por não ter água pra manipular a massa.
A Copasa é uma empresa estatal boa.
Mas é administrada por incompetentes.
Na central de abastecimento da Copasa, se uma bomba parar por defeito mecânico, a que está na reserva dela não entra em operação.
Porquê ela já está com defeito a muito tempo, e ninguém sabe do problema.
E por aí o bonde.
Eles querem mesmo é receber seus altos salários. E os usuários que se dane.”

Envie seu Comentário