30 de novembro, de 2020 | 16:07

Quadrilha comercializava em São Domingos do Prata carros roubados ou furtados em BH

Divulgação PCMG
Carros furtados ou roubados nesse mês de novembro já tinham sido vendidos e circulavam com placas adulteradasCarros furtados ou roubados nesse mês de novembro já tinham sido vendidos e circulavam com placas adulteradas

Seis pessoas investigadas como suspeitas de integrarem uma quadrilha especializada em clonagem de veículos foram presas no fim de semana, em São Domingos do Prata. A operação foi comandada pela Polícia Civil de Minas Gerais e, de acordo com a delegada Izabella Menegassi, que coordenou a operação, tudo começou quando chegou à polícia uma denúncia anônima de que veículos clonados circulavam na cidade.

Durante a semana que passou os investigadores realizaram diligências e monitoraram alguns dos veículos suspeitos e confirmaram a procedência da denúncia. Com apoio de policiais das delegacias regionais de João Monlevade e de Rio Piracicaba foi montada uma operação, que cercou os locais onde os veículos estavam, em endereços diversos de São Domingos do Prata, na noite de sábado (28).

Foram encontrados veículos com queixas de furto e roubo. Dois dos veículos apreendidos tinham sido roubados no início de novembro e já estavam clonados. Os demais foram furtados ou roubados em Belo Horizonte e Região Metropolitana no meses anteriores.

“Um deles, um Toyota Corolla apreendido, foi furtado no último dia 19, sendo encontrado já modificado e vendido para um terceiro. Isso demonstra a força da organização, que é muito rápida para adulterar e colocar o produto a venda”, observou a delegada.

Dos seis presos, quatro foram autuados em flagrante por receptação dolosa. Eles pagaram fiança e responderão pelos crimes em liberdade. Outros dois suspeitos foram autuados em flagrante por comercialização de produtos de crime e encaminhados para o sistema prisional.

As investigações apontaram o envolvimento de pelo menos mais três suspeitos em Belo Horizonte. Novas etapas da investigação vai buscar a ligação do grupo criminoso da capital mineira, com o grupo no interior de Minas. (Com informações da PCMG)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário