30 de novembro, de 2020 | 07:55

Bombeiros resgatam corpo de timoteense afogado em lagoa

Vítima morava no bairro Primavera e morreu ao entrar na lagoa Tiririca, na zona rural de Pingo D'Àgua

Enviada para o portal Diário do Aço
Os bombeiros localizaram o corpo de José Carlos, aqui nesta foto tirada antes do afogamentoOs bombeiros localizaram o corpo de José Carlos, aqui nesta foto tirada antes do afogamento

Morreu na tarde de domingo (29), no Parque Praia Clube, a conhecida Lagoa Tiririca, em Pingo D'Água, José Carlos Vieira, de 58 anos, morador de Timóteo. Ele encontrava-se com familiares e amigos no balneário quando, ao entrar para nadar na lagoa, desapareceu.

Uma equipe do 11º Batalhão de Bombeiros Militar de Ipatinga foi acionada para atender o caso do banhista. Segundo testemunhas, José Carlos nadava na lagoa Tiririca e, em determinado momento mergulhou e não voltou à superfície.

Os bombeiros fizeram buscas subaquáticas na lagoa, utilizando equipamentos próprios para a missão, e encontraram o corpo a aproximadamente 25 metros da margem da praia e a cerca de quatro metros de profundidade.

O corpo foi resgatado e levado até a margem da lagoa ficando sob responsabilidade dos familiares. A morte da vítima foi atestada por um médico. José Carlos era morador do bairro Primavera, em Timóteo.

Em Inhapim, uma equipe do Corpo de Bombeiros resgatou o corpo de um aposentado que morreu em um açudeEm Inhapim, uma equipe do Corpo de Bombeiros resgatou o corpo de um aposentado que morreu em um açude

Afogamento em Inhapim



Os bombeiros ainda registraram mais um afogamento na tarde de domingo, mas desta vez na Cabeceira do Alegre, na zona rural de Inhapim. O aposentado José Luzia Moreira, de 70 anos, pescava à margem de um açude e acabou caindo na água.

A vítima não sabia nadar, segundo relatos de testemunhas. Populares tentaram salvar o aposentado, mas sem sucesso. O idoso submergiu e não retornou à superfície.

Cerca de 40 minutos depois do fato, os bombeiros foram acionados para tentar localizar o desaparecido.

Após uma primeira varredura no local do açude onde a vítima havia caído, os bombeiros realizaram mergulho e conseguiram encontrar o corpo seis minutos depois de iniciados os trabalhos. O cadáver foi removido ao Instituto Médico-Legal (IML) de Caratinga, para p exame de necropsia.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]iariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário